Por que Cristo Nasceu

Por que Cristo Nasceu

Ele nasceu para cumprir o propósito divino de resgatar a Humanidade

Ao longo de toda a história, Deus sempre fez alianças com a humanidade. Em todas elas, Deus mostrou que o seu propósito maior era resgatar a humanidade para si. Deus promete um redentor, o presente maior, a boa nova, que viria com o objetivo de resgatar a humanidade. Para tanto, houve a necessidade de Jesus despir-se da sua glória, encarnar-se e viver no meio de nós. Com o seu nascimento, Deus faz a última e definitiva aliança com a humanidade. Deus apresenta aquele que já vinha sendo anunciado pelos profetas, como o Deus Maravilhoso, Conselheiro, o Deus Forte, o Pai da Eternidade, o Príncipe da Paz ! O filho de Deus vem então com o propósito de resgatar a humanidade!

Ele também nasceu para ensinar a humanidade, tendo como conteúdo o Reino de Deus. Jesus nasce com objetivo de implantar o Reino de Deus entre nós. Reino esse que não consiste no comer ou beber, mas na justiça, na paz, e na alegria do Espírito Santo. Jesus nos apresenta um reino que não é desse mundo, mas que é vivido no já e no agora. Um reino que é do futuro, mas que também é bem presente entre nós. Quando somos embaixadores desse reino, estamos assumindo o ensino de Cristo, estamos dizendo ao mundo que aprendemos aquilo que Jesus nos ensinou. Declaramos também enquanto igreja, que o reino de Deus não consiste somente em palavras, mas em poder.

Ele nasceu ainda para ser a manifestação viva e reveladora do Pai.

Embora seja Deus, Jesus Cristo nasceu a fim de salvar pecadores condenados à morte eterna. É ele quem revela o Pai; “Se vêem a mim, vêem ao Pai; Eu e o Pai somos um; Credes nas obras para que saibais e entendais que o Pai está em mim e eu nele”. Assim notamos que a Bíblia testifica que Jesus Cristo é Deus. Ele revelou o Pai através da sua santidade, pois ele era santo e sem pecado. Suas ações demonstravam sua obediência ao Pai. Ele também demonstrou o amor do Pai. Um amor que flui ( Jo 14:21 ) para o ser humano que tanto necessita. O Jesus que nasceu é aquele que em tudo dependia do Pai. É aquele que orava pedindo ao Pai que transformasse uma situação de morte em situação de vida. Jesus nasceu então para ser a manifestação viva , presente e reveladora do Pai, o Deus Emanuel! Que possamos ter consciência do porquê de Jesus ter nascido. Assim poderemos estar mais preparados para responder aos outros a razão da nossa fé. Que Deus nos abençoe!

Os Três Princípios para Preservar sua Família

Here is the Music Player. You need to installl flash player to show this cool thing!

A Suficiência de Cristo – Pr Hugo Marques

Here is the Music Player. You need to installl flash player to show this cool thing!

Igreja realiza primeiro culto após massacre e pastor perdoa assassino de sua filha

Em um templo improvisado com uma tenda, num campo de beisebol, a Primeira Igreja Batista de Sutherland Springs realizou o primeiro culto após o massacre perpetrado pelo ativista ateu Devin Patrick Kelley, 26 anos, que tirou a vida de 26 pessoas com idades entre 5 e 72 anos.

A igreja texana recebeu centenas de pessoas, e as abas laterais da tenda usada para o culto precisaram ser abertas para que todas as pessoas presentes pudessem acompanhar a celebração.

Dentre os presentes, duas pessoas chamaram atenção: a ex-sogra do atirador, que é membro da congregação, e o senador John Cornyn, que entregou uma mensagem de condolências. “A dor de perder 26 membros é esmagadora. Muitas vidas foram mudadas para sempre. Não consigo imaginar o que essas pessoas estão passando desde então”, disse.

De acordo com informações da emissora Christian Broadcasting Network, o pastor da igreja, Frank Pomeroy, perdeu a filha de 14 anos na tragédia, Annabelle. “Ao invés de escolher a escuridão, escolhemos a vida. Temos a liberdade de escolher, e ao invés de escolher a escuridão como aquele homem fez naquele dia, eu digo que escolhemos a vida. Amém? Aqueles 26 que não estão mais conosco estão dançando em Sua presença hoje”, afirmou.

Outro pastor, Mark Collins, que no passado dirigiu a Primeira Igreja Batista de Sutherland Springs, revelou que o encontro do último domingo, 12 de novembro, foi o maior da história da congregação. O líder evangélico afirmou que os membros agora estão prestando apoio à família do ativista ateu: “Nossos corações e orações vão para a família dele”.

A ex-mulher do atirador, Tessa Brennaman, 25 anos, falou sobre Kelley: “Ele tinha muito demônios e muito ódio dentro dele”, disse, lembrando de uma situação em que foi ameaçada por ele: “Ele tinha uma arma no coldre, então ele pegou a arma e colocou na minha testa e me disse: ‘Você quer morrer? Você quer morrer?’”, relembrou.

Memorial

O templo da igreja já recebeu reparos, mas provavelmente não voltará a ser usado como local de culto. Os membros decidiram transformar o local em um memorial das vítimas do incidente.

Todo o interior foi reparado, com os buracos de balas todos tapados, e paredes, piso, palco e púlpito pintados de branco. Todas as cadeiras foram removidas, assim como os equipamentos de som e carpetes. No interior, restaram apenas 26 cadeiras, também brancas, representando cada vítima do atirador.

Os próximos cultos serão feitos no terreno onde o templo está, mas não em seu interior. Os membros decidirão se o local deve ser demolido para a construção de um novo, ou se outro templo será erguido em outro local.

 

O QUE VOCÊ QUER OUVIR DE DEUS NO FINAL? | PR. DOMINGOS JARDIM

O QUE VOCÊ QUER OUVIR DE DEUS NO FINAL? (Josué 13.1)

Introdução: O objetivo dessa palavra de hoje é despertar você para fazer a obra de Deus da melhor maneira possível para que no último dia você receba um elogio de Deus. Esse texto nos mostra o que o Senhor Deus disse a Josué no final de sua vida. Como termina é que conta; melhor do que começar bem, é terminar bem, aprovado em Cristo; é alcançar a incorruptível coroa da vida.“…Todo atleta em tudo se domina; aqueles, para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, a incorruptível…” (1 Cor. 9.24-27).

Como você quer terminar a sua caminhada com Cristo? O que você quer ouvir de Deus no final de sua vida?

 

1 – O QUE NOS IMPEDE DE CONQUISTAR TUDO O QUE DEUS PROMETEU?

Vejamos o que nos impede de conquistar as promessas de Deus para a nossa vida:

. Desobediência à palavra e a direção de Deus.

Exemplo: Moisés, quando Deus o mandou falar com a rocha, ele desobedeceu e bateu na rocha com o seu cajado, por causa dessa atitude de desobediência, ele não pôde entrar na terra prometida (Números 20.7-12).

Exemplo: O profeta jovem que Deus enviou a Betel; o Senhor disse que ele não deveria comer, não beber água, nem voltar pelo mesmo caminho, ele desobedeceu e foi morto por um leão (1 Reis 13.1-24).

. Falta de fé e confiança nas promessas do Senhor nosso Deus.

. Omissão… (Tiago 4.17).

. Procrastinação, deixar sempre para depois, para amanhã…

. Infidelidade a Deus e à sua Palavra (Lucas 16.10).

. Olhar para os pecados, os escândalos, as falhas de outras pessoas; se o seu pastor, supervisor, discipulador falhou com você, Jesus nunca falhou, jamais falhará, jamais te abandonará, então, olhe para Jesus.“…corramos, com perseverança, a carreira que nos está proposta, olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus…” (Hebreus 12.1,2).

Cada um de nós dará contas de si mesmo a Deus. (Rom. 14.12).

Como você quer se apresentar diante do tribunal de Cristo? (2 Cor. 5.10).

. Andar com más companhias, com pessoas erradas. “o vos enganeis: as más companhias corrompem os bons costumes” (1 Cor. 15.33).

. Envolver-se com negócios que te levam para fora da missão que Jesus te confiou.Nenhum soldado em serviço se envolve em negócios desta vida, porque o seu objetivo é satisfazer àquele que o arregimentou” (2 Timóteo 2.4).

. O pecado da cobiçaidolatriaimoralidadecolocar o Senhor à prova e murmuração (1Coríntios 10.6-10). Por causa desses cinco pecados cerca de um milhão de israelitas morreram durante os quarenta anos no deserto, não alcançaram a terra prometida.

. Perder o foco da visão. “… esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo…” (Fil. 3.13,14).

. Valorizar o cansaço… Exemplo: Esaú, valorizando o cansaço, abriu mão do seu direito de primogenitura, trocando-a por um prato de lentilhas… (Gênesis 25.29-34; Hebreus 12.16).

Um grave problema, é chegar no final da vida e descobrir que não conquistou tudo que Deus gostaria que você conquistasse… A maior de todas as frustrações é chegar no final de vida e ouvir Deus dizer: “Você está velho, avançado na idade, e ainda há muita terra para ser conquistada” (Josué 13.1).

Deus disse: “Eu esperava mais de você; Eu esperava que você conquistasse toda a terra; Eu esperava que você produzisse mais frutos; você deixou a desejar; você não fez tudo o que Eu ordenei que fizesse; você falhou…”

Deus está dizendo: “O seu tempo acabou e você não completou a obra que eu te confiei; você não completou a missão que eu te dei.” O Senhor Jesus deu a cada um de nós uma missão de fazer discípulos. (João 20.21).
Deus está dizendo: “Presta contas da tua administração, da missão que Eu te confiei.”(Lucas 16.2).

2 – AS PROMESSAS DE DEUS NÃO FALHAM.

Todas as boas palavras do Senhor se cumpriram, nenhuma delas falhou.(Josué 21.45).
Se não conquistamos as promessas é por falha nossa; porque todas as promessas de Deus se cumprem no detalhe da vírgula. “Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas; não vim para revogar, vim para cumprir. Porque em verdade vos digo: até que o céu e a terra passem, nem um i ou um til jamais passará da Lei, até que tudo se cumpra” (Mateus 5.17,18).
Podem passar o céu e a terra, porém, as palavras de Deus jamais passarão. (Mateus 24.35).
O nosso Deus, é Deus de promessa, de aliança, todas as suas promessas são inteiramente confiáveis, Ele nunca falhou e jamais falhará. Nós estamos debaixo das promessas que são superiores a todas as outras. (Hb 8.6).

 

3 – VIVA PARA CONQUISTAR AS PROMESSAS DE DEUS.

Jesus nos escolheu para produzir muitos frutos, porque Ele acredita em você.
“… eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto…” (João 15.16).
O que causou a tua existência foi o propósito eterno de Deus, temos viver para o propósito Deus para a nossa vida.“Antes que eu te formasse no ventre materno, eu te conheci, e, antes que saísses da madre, te consagrei, e te constituí profeta às nações (Jeremias 1.5).

A expectativa de Jesus é que possamos fazer discípulos em todas as nações, para isso, Ele nos capacita com o poder do Espírito Santo. “Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém (Marilia) como em toda a Judéia (São Paulo) e Samaria (Brasil) e até aos confins da terra” (Nações) (Atos 1.8).
Temos o alvo de conquistar toda a cidade de Marilia para Jesus em nossa geração.

Construir a nossa nova sede. Plantar 100 novas igrejas. Treinar 100 mil pastores e líderes.

Jesus quer que conquistemos a cidade para Ele em nossa geração. (Atos 18.9,10).

Deus quer salvar todas pessoas de nossa cidade. (1 Timóteo 2.3,4).

Temos que realizar o trabalho de Deus agora, enquanto temos tempo, enquanto é possível. (João 9.4).

Faça tudo o que te vier às mãos para fazer, agora. (Ecl. 9.10).

 

4 – COMO DEVEMOS TERMINAR?

. Jesus aos 33 anos disse: “Pai, eu te glorifiquei na terra completando a obra que me confiaste para fazer.”
“Eu te glorifiquei na terra, consumando a obra que me confiaste para fazer” (João 17.4).

A maneira correta de terminar é:

. Com as nossas lâmpadas acesas; o azeite é a unção, a lâmpada é o fogo do Espírito Santo (Mateus 25.1-13).

. Aprovados em Cristo! (Romanos 16.10).
. Cumprindo o propósito de Deus para a nossa geração… (Atos 13.36).

. Declarando como Paulo: “Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé.” (2 Timóteo 4.7,8).

O que o Senhor Jesus quer dizer a você no último dia?

. Servo bom e fiel entra no descanso do teu Senhor. (Mateus 25.21-23).
. Venha bendito de meu Pai, entre de posse do Reino que está preparado. (Mateus 25.34).
                                                                          CONCLUSÃO

Agora é a hora de conquistar tudo o que Deus tem para você. Seja um servo que vai além, faça mais do que te foi ordenado por Deus (Lucas 17.10). Seja sábio na administração do seu tempo (Efésios 5.15,16).

“Só temos uma vida para viver, logo ela passará, só o que fizermos por Cristo, permanecerá.” Faça a sua vida valer, conquiste tudo para Deus agora! Como você quer terminar? Você decide o final da história, como será o final de sua vida, o que você ouvirá de Deus no último dia. Viva de tal maneira que no último dia você possa receber o elogio de Jesus dizendo: “Servo bom e fiel…”Aleluia! Amém!

Entenda a importância da obediência

Nós, que estamos debaixo de autoridade, devemos obedecer. Sabendo que nossos líderes estão se empenhando por exercer uma liderança sábia e justa, nada nos resta senão a fiel obediência. E por que o faremos? Todo grupo tem um objetivo que justifica sua existência. Se obedecermos, estamos contribuindo para que o objetivo seja alcançado. Se desobedecemos estamos traindo a nós mesmo e prejudicando todo o grupo.

O grande problema da história de Israel foi a desobediência. Aliás, o grande problema da história humana é esse. Adão e Eva tinham um único mandamento para cumprir e conseguiram desobedecê-lo. Assim continua até hoje. O povo de Israel foi desobediente ao Senhor. As consequências foram maldições diversas, inclusive o cativeiro, a perda da terra de Canaã e a dispersão pelo mundo afora.

As palavras “lei” e “mandamento” parecem pesadas. Contudo, todos os mandamentos de Deus foram estabelecidos para o nosso próprio bem e para que o objetivo da nossa existência seja atingido em plenitude. Portanto, devem ser obedecidos. (Não estamos advogando a favor da lei mosaica, mas da vontade de Deus, de modo geral). Muitas vezes queremos entender as ordens de Deus. É melhor obedecer do que ficar tentando compreender.

Se o aluno desobedecer ao professor, estará prejudicando a si mesmo. E se o paciente desobedecer ao médico? Pode ser fatal. O soldado precisa obedecer ao capitão para que a tropa possa alcançar a vitória. Cada músico da orquestra precisa obedecer ao comando do maestro para que se consiga harmonia e beleza. Se um deles resolver tocar sua própria música ou no seu próprio tom, poderá ter uma sensação de liberdade e independência, mas todo o grupo ficará prejudicado.

O maior exemplo é o próprio Senhor Jesus. Em seu ministério terreno, Cristo demonstrou total obediência ao Pai. Portanto, além de ser o melhor exemplo de líder, ele é o melhor exemplo de filho e de servo (Hebreus 5.8; Filipenses 2).

Extraído da Apostila “Autoridade Espiritual” 

Descubra os principais compromissos e responsabilidades de um líder de célula

São vários os compromissos e responsabilidades de um líder de Célula:

  1. Compromisso de frequentar o TADEL toda semana e participar da reunião com o seu supervisor de setor
  2.  Compromisso de liderar a reunião principal da Célula toda semana
  3.  Compromisso de ser discipulado
  4. Compromisso com o pastoreio das pessoas da sua Célula. Isso significa:
  5. Compromisso de preencher e ENTREGAR OS RELATÓRIOS para o supervisor de setor
  • Orar diariamente por cada pessoa da sua Célula;
  • Visitar ou delegar alguém para visitar frequentemente os membros da sua Célula;
  • Discipular (ou delegar para alguém) e edificar os novos convertidos;
  • Preparar (ou delegar para alguém) os novos candidatos ao batismo;
  • Socorrer (ou delegar para alguém) através da assistência social e espiritual cada pessoa necessitada da sua Célula;
  • Praticar 1 Tessalonicenses 5.14 “exortamos vocês, irmãos, a que advirtam os ociosos, confortem os desanimados, auxiliem os fracos, sejam pacientes para com todos…”

6. Compromisso de preencher e ENTREGAR OS RELATÓRIOS para o supervisor de setor

 

 

Cristãos não deveriam participar do Halloween, alerta ex-bruxo

De acordo com uma pesquisa da rede Christian Broadcasting Network (CBN), 87% dos evangélicos acreditam que os cristãos não devem comemorar o Dia das Bruxas, enquanto 13% acredita que não há problema.

Durante o programa Prayer Link, da emissora, o ex-satanista John Ramirez advertiu aqueles que não levam em conta os aspectos espirituais do “dia das bruxas”.

“Eu era um general no reino das trevas, mestre da feitiçaria”, testemunha Ramirez, que hoje é um evangelista. “Eu me sentava com o Diabo e falava com ele como estou falando com você hoje. Era esse tipo de comunicação que eu tinha”, disse ele a Charlene Aaron, que apresenta o programa.

Para Ramirez, o Haloween não deveria ser visto como uma brincadeira, um dia onde as pessoas usam fantasias e comem muitos doces, pois há uma realidade muitas vezes ignorada. Segundo ele, quem toma parte nisso “abre portas” para o mundo das trevas.

“Você acaba amaldiçoando a sua família”, enfatizou. “Você precisa entender o que é uma maldição… Você deve identificar onde errou e renunciar isso em nome de Jesus Cristo. Peça a Deus que o perdoe por isso e feche essa porta, livrando a sua família”, afirmou.

Com parte de seu testemunho, Ramírez explica que nessa data ele sacrificou animais como parte dos rituais satânicos. Afinal, desde a origem desta festividade pagã, acreditava-se que esta é a noite onde o mundo dos vivos e dos mortos se aproxima e seriam abertos “portais de comunicação”, por isso sua aproximação com a ideia de fantasmas, vampiros e outros símbolos relacionados com a morte até hoje.

O festival que deu origem ao que chamamos de Halloween era o Samhain, que tinha como objetivo dar culto aos mortos. Na wicca, uma forma moderna de bruxaria, esta é considerada a noite mais importante do ano. Com informações CBN

Vida sob comunismo é “inferno para cristãos”, diz desertor da Coreia do Norte

Um desertor da Coreia do Norte está fazendo novas revelações sobre os horrores do regime comunista de onde fugiu anos atrás. Choi Kwanghyuk, de 55 anos, descreve como as torturas e a perseguição praticadas contra os cristãos força-os a viver se escondendo.

Temendo por sua vida, ele fugiu do regime comunista em 2013, e descreve sua nova vida no Ocidente como “viver no céu”. O governo de Kim Jong-um, terceiro da dinastia que comanda o país desde a divisão da antiga Coreia em duas nações, segue o que fazia seu pai e seu avô e mantêm um controle rigoroso sobre as comunicações. Somente os testemunhos dos desertores é que oferecem um vislumbre de como é a vida por lá.

Choi deu uma entrevista para a Fox News, onde revelou que em 2008 as autoridades o prenderam por liderar uma igreja cristã clandestina. Contou ainda que as autoridades tentaram forçá-lo a renunciar a sua fé em Cristo.

As lesões que sofreu com longos períodos de tortura e encarceramento o impediram de trabalhar. “Eles me torturaram”, lembra, “mas eu continuei me negando a fazer isso [negar Jesus]”.

Revela que os cristãos presos nos campos de prisioneiros não aceitam acordos de liberdade se isso significar desistir de suas crenças. “Decidi fugir do país porque pensei que se fosse enviado para um campo de concentração iam me matar”, relatou Choi, que consegui escapar pela fronteira com a China.

Igreja subterrânea

Embora Choi nunca tivesse ouvido falar no termo “igreja subterrânea”, comumente usado para descrever os encontros secretos como aqueles que ele liderava, explica que sua igreja por vezes se encontrava literalmente debaixo da terra. Eles usavam um grande buraco cavado pelos agricultores para armazenamento no inverno.

“Na Coreia do Norte, cavamos buracos no chão para armazenar kimchee [comida típica coreana] e batatas durante o inverno. Como faz muito frio, se não enterramos a comida no subsolo, ela congela. Não temos aquecimento”, destacou.

“Nos reuníamos em um buraco retangular e usávamos uma lanterna para estudar a Bíblia. Como não podíamos cantar em voz alta, para louvar apenas murmurávamos os cânticos”, detalhou. “A vida na Coreia do Norte é um inferno para os cristãos”, lamenta Choi.

A Coreia do Norte, que vive sob regime comunista há mais de 50 anos é o lugar mais opressivo do mundo para os cristãos, segundo o relatório da missão Portas Abertas.  Calcula-se que existam 300 mil cristãos na Coreia do Norte, sendo que de 50 mil a 70 mil estão em campos de prisioneiros.

“Em uma nação onde o regime dominante exige controle total sobre o público em geral, tudo o que desafia o poder do governo é visto como uma ameaça, incluindo a religião”, destacou Jeff King, presidente da International Christian Concern. “Como resultado, o regime norte-coreano faz tudo o que está ao seu alcance para esmagar a expansão do cristianismo”.

O relatório da Human Rights Watch publicado no início do ano afirma que “O governo comunista pratica o castigo coletivo por supostos crimes antiestatais, escravizando centenas de milhares de cidadãos, inclusive crianças, em campos de prisioneiros e outros centros de detenção”. Execuções públicas, junto com a tortura, os trabalhos forçados e a prisão arbitrária são as formas usadas para manter um clima de medo e controle.

 

Homem é feito refém e oferece Bíblias a bandidos: “Foi um livramento de Deus”

Vinte minutos nas mãos de sequestradores foi tempo suficiente para que um homem de 45 anos falasse sobre Deus e até oferecesse Bíblias para os criminosos.

“Eu ofereci a verdade”, disse o corretor de imóveis que foi abordado por um casal de criminosos na noite de sexta-feira (27), em Vila Velha, no Espírito Santo.

Os sequestradores, identificados como Vinicius Lacerda de Souza Januário, de 19 anos e uma adolescente de 15, abordaram a vítima enquanto conversava ao telefone, na calçada da casa de amigos, no bairro Jaburuna.

O homem foi forçado pelos bandidos a dirigir seu próprio carro com uma arma apontada na cabeça. Depois de 20 minutos, dois policiais em motocicletas conseguiram encontrar o veículo e passaram a acompanhá-lo.

“A todo instante ele dizia que ia me matar. Pior que ele, era a menina. Isso me assustou mais, pois ela era a que mais falava coisas assustadoras. Ofereci até a minha Bíblia e a da minha esposa para que eles tivessem a palavra de Deus e também o carro para me deixarem, mas gritaram que não queriam”, relembra o corretor de imóveis.

Quando visualizou uma viatura, a vítima passou a frear o carro diversas vezes para dar um sinal aos policiais, que entenderam o recado e acionaram a ajuda de outros militares. Em poucos minutos, mais de 10 viaturas já faziam o cerco para pegar os suspeitos.

“Eles mandaram eu acelerar ainda mais e eu fiz isso, pois era tudo ou nada. Quando me aproximei, freei uma vez, e depois de novo, fazendo com que o rapaz armado no banco do carona batesse a cabeça no painel. Foi aí que consegui escapar, já a 3 metros dos policiais”, detalhou o homem.

O suspeito e a adolescente foram conduzidos para a 2ª Delegacia Regional de Vila Velha, localizada no bairro Cobilândia, onde foram autuados em flagrante pelo crime de roubo majorado pela restrição da liberdade da vítima, emprego de arma e concurso de pessoas.

O homem, que é evangélico, disse que ofereceu as Bíblias e conversou com os criminosos em todo o tempo para tentar acalmá-los. “Foi Deus quem me ajudou, falou comigo de coisas que vão acontecer na minha vida por isso eu sabia que não ia acontecer nada comigo naquele momento. Foi um livramento de Deus”, disse ele.

 

Pilares da reforma Protestante – Pr Gean Carlos Souza

Pilares da reforma Protestante

Habacuque 2:4  Eis o soberbo! Sua alma não é reta nele; mas o justo viverá pela sua fé.

Romanos 1:17  visto que a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé, como está escrito: O justo viverá por fé.

Gálatas 3:11  E é evidente que, pela lei, ninguém é justificado diante de Deus, porque o justo viverá pela fé.

Hebreus 10:38  todavia, o meu justo viverá pela fé; e: Se retroceder, nele não se compraz a minha alma.

 

No dia 31 de outubro, os cristãos protestantes comemoram o dia da Reforma. Em 31 de outubro de 1517, Martinho Lutero, protestou contra a Igreja Romana, afixando, à porta da Igreja do Castelo de Wittenberg, as famosas 95 teses contra vários pontos teológicos da doutrina romana. Tudo começou quando Lutero descobriu que a salvação era pela fé somente.

 

Além de Martinho Lutero, outros nomes são importantes para o movimento reformador. João Calvino, com sua mente privilegiada, sistematizando princípios doutrinários em sua Instituições da Religião Cristã, uma obra que tem servido, ao longo dos anos, para teólogos, professores e principalmente cristãos que buscam os valores verdadeiros do Cristianismo. Ulrich Zuínglio que, em sua época, queria fazer algo corajoso para Deus. E Menno Simons com a reforma radical, afirmando não haver outro fundamento, senão, aquele que foi estabelecido pela Palavra de Deus.

 

As proposições teológicas da Reforma Protestante são os Cinco Solas, que são frases latinas que surgiram para enfatizar a diferença entre a teologia reformada e a teologia romana. A palavra latina, sola, significa “somente” ou “apenas”, na língua portuguesa.

 

Os cinco solas são:

Sola Fide, Sola Scriptura, Solus Christus, Sola Gratia e Soli Deo Gloria.

Esses são os pilares da Reforma Protestante. Vejamos em detalhes.

 

Sola Fide – Somente a Fé

Somente a fé: é o único instrumento de posse da nossa salvação.

O princípio “Sola Fide” é a afirmação de que o homem é justificado única e exclusivamente pela fé, sem o acréscimo das obras do mérito humano. Segundo a tradição reformada é o artigo pelo qual a igreja é sustentada. A justiça do Evangelho de que não nos envergonhamos é o poder de Deus para salvação. É do princípio ao fim pela fé pois, conforme a Carta de Paulo aos Romanos: O justo viverá pela fé.

 

A fé que justifica o homem é dom de Deus, é o meio pelo qual a justiça de Cristo é imputada ao pecador. Não há glória humana nisso. Pela fé somente, os pecados do homem são lançados sobre Cristo, o verdadeiro justo de Deus, que na Cruz cumpriu toda justiça de Deus. Daí o homem, no tribunal de Deus, ser declarado, de uma vez por todas, justo diante de Deus. A Igreja que quer se manter de pé tem de viver pela fé somente.

 

 

Sola Scriptura – Somente a Escritura

Somente a Escritura Sagrada: é a nossa única fonte e regra de fé e prática.

 

A Escritura é a única regra de fé e prática da igreja. Acreditamos em sua Inspiração, Autoridade, Inerrância, Clareza, Necessidade e Suficiência. É somente na Escritura que encontramos a história da salvação. É somente na Escritura que encontramos Jesus representado de várias formas e prometido de várias maneiras no Antigo Testamento, visto e cumprido no Novo Testamento.

 

É somente na Escritura que encontramos o fundamento da nossa Teologia, seja ela sistemática, bíblica, apologética, hermenêutica, exegética ou pastoral. É somente na Escritura que encontramos o que precisamos para conhecer o Pai, o Filho e o Espírito Santo; e o Evangelho, para sustentar a fé e nortear a vida cristã.

 

 

Solus Christus – Somente Cristo

Somente Cristo: o único mediador da nossa salvação.

 

Somente Cristo foi a reação da Reforma contra a igreja secularizada e contra os sacerdotes que afirmavam sua posição especial para mediar a graça e o perdão de Deus por meio dos sacramentos. A reforma defendeu que a mediação entre o homem e Deus é feita somente por Jesus Cristo.

 

A salvação do pecador é obra de Cristo. A vida de Jesus sem pecado expiou os homens de seus pecados. Isto trouxe justificação e colocou o homem em uma nova posição com o Pai. A posição de filho por meio da reconciliação. Jesus Cristo é o único salvador. Cristo é central na reforma protestante.

 

 

Sola Gratia – Somente a Graça

Somente a graça: a única causa da nossa aceitação.

 

Além de a graça ser um dos atributos de Deus é, também, o próprio Cristo em Sua encarnação. E é o Espírito Santo quem aplica a graça ao coração do pecador.

 

A teologia divide a graça em comum e especial. A graça comum é aquela que é comunicada a todos os homens. É a que dá aos homens bênçãos sem medida. A chuva de Deus cai sobre justos e injustos. A graça especial é soteriológica, pois é por meio dela que o homem é salvo. É a comunicação da salvação de Deus ao pecador.

 

O termo “sola gratia”, refere-se a tudo que o homem possui, e, em especial, à salvação, que é pela graça somente. É pela graça somente que o homem é eleito, regenerado, justificado, santificado e glorificado. É pela graça somente que o homem recebe os dons espirituais e talentos que são usados em favor do Reino. É pela graça somente que o homem recebe as bênçãos de Deus.

 

 

Soli Deo Gloria – Somente a Deus a Glória

Somente a Deus toda glória: o único objetivo da nossa salvação.

Soli Deo Gloria é o pilar da Reforma Protestante que afirma que o homem foi criado para a glória de Deus. Como o homem foi criado para dar glória a Deus tudo que ele faz deve ser destinado à glória de Deus. Soli Deo Gloria é o princípio pelo qual toda glória é dada a Deus no processo de salvação. A vida do cristão é vivida diante de Deus e sob sua autoridade. Isso é para a glória de Deus.         A ele seja a glória eternamente! Amém. Romanos 11.36 O grito dos reformadores foi para que a Igreja voltasse aos moldes do Cristianismo primitivo. Que a Igreja retornasse à simplicidade do Evangelho. Que a Igreja vivesse apenas pela fé. Que a igreja vivesse apenas na Escritura. Que a Igreja vivesse apenas em Cristo. Que a Igreja vivesse apenas a Graça. Que a Igreja vivesse apenas para a glória de Deus.

 

Esse deve ser o nosso grito ao comemorar a Reforma Protestante!

“PERSEVERAR NA BENÇÃO” 04/11

“PERSEVERAR NA BENÇÃO”

Texto: Apocalipse 3:11 (ORE ANTES DE MINISTRAR).

Introdução: Deus tem nos abençoado sobremaneira nestes dias. Temos sido abençoados em várias áreas da nossa vida: vida espiritual, saúde física, prosperidade, vida familiar, vida na igreja. Nossa vida , nestes dias, tem experimentado um pouquinho do poder de Deus. O que nós precisamos é tomar cuidado para não deixar a benção ser roubada de nós.

1º) Deus nos deu a Benção. Ef. 1:3:
1.1 – A benção da salvação completa. Hb. 2:1-4
1.2 – A benção da fé. 1Jo. 2:20-27; Ap. 12:11; Lc. 10:19; Sl. 91:7; Pv. 3:26; Dn. 11:32; 2Co. 2:14; Ne. 8:10.

2º) O diabo é o ladrão da benção. Jo. 10:10:
2.1 – Ele quer roubar o ouro precioso: Sl. 19:7-10;
2.2 – É preciso vigiar constantemente: 2Jo. 8;
2.3 – A soberba rouba a benção: 1Tm. 3:6;
2.4 – A língua faz perder a benção: Tg. 3:1-12;
2.5 – O cuidado com o espírito de engano: Gl 3:1-5.

3º)O mundo (sistema mundial corrupto) também rouba a benção: 1Jo. 2:15-17.
3.1 – É preciso fugir das paixões da mocidade: 2Tm. 2:22;
3.2 – É preciso cuidado para não trocar a benção: Lc. 15-21;
3.3 – As obras da carne roubam a benção: Gl. 5:16-21;
3.4 – O amor ao dinheiro rouba a benção: I Tm. 6:9,10.

Conclusão: Tome posse desta palavra de Deus para a tua vida. Não deixe o inimigo roubar a benção. Persevere na palavra.

“APRENDENDO A VIVER NO SOBRENATURAL” – PARTE C – 03/11

“APRENDENDO A VIVER NO SOBRENATURAL” – PARTE C

Texto: Deuteronômio 30:1-10 (ORE ANTES DE MINISTRAR).

Introdução: Para viver um vida no Sobrenatural, precisamos viver uma vida controlada pelo Espírito Santo. O Senhor quer que tenhamos uma vida devocional (oração, Palavra, jejum, etc.) para sermos melhores para Ele e para melhor serví-lo.

3º) DAR O MELHOR PARA DEUS:
Não podemos ser adoradores se vivermos uma vida quebrando princípios da Palavra de Deus. só podemos sentir verdadeiramente à presença de Deus, se cumprirmos fielmente a Palavra. Um desses princípios é o do DÍZIMO:
3.1 – O Dízimo: Ml. 3:8-11;
3.2 – O Dízimo é do Senhor: Lv. 27:30;
3.3 – O que damos à Deus vem de Suas próprias mãos: 1Cr. 29:14;
3.4 – Deus nos dá poder para adquirir riquezas: Dt. 8:18;
3.5 – A lei da semeadura e da colheita: Lc. 6:38; Lc. 6:10-12;
3.6 – De onde virá o sustento: Pv. 13:22, Pv. 28:8;
3.7 – O dinheiro do ímpio vai para as mãos dos justos: Ec. 2:26, Jó. 27:13-17;
3.8 – Deus supre as nossas necessidades em glória: Fp. 4:19

Conclusão: O CRISTÃO FIEL EM TODOS OS PRINCÍPIOS DA BÍBLIA SEM DÚVIDA ALGUMA, VIVERÁ NA ESFERA SOBRENATURAL DE DEUS, SENTIRÁ A PRESENÇA DE DEUS, E PROSPERARÁ EM TODAS AS ÁREAS.

“APRENDENDO A VIVER NO SOBRENATURAL” – PARTE B – 02/11

“APRENDENDO A VIVER NO SOBRENATURAL” – PARTE B

Texto: Deuteronômio 30:1-10 (ORE ANTES DE MINISTRAR).

Introdução: Para viver um vida no Sobrenatural, precisamos viver uma vida controlada pelo Espírito Santo. O Senhor quer que tenhamos uma vida devocional (oração, Palavra, jejum, etc.) para sermos melhores para Ele e para melhor serví-lo.

2º) PERMANECER FIEL EM DEUS:
2.1- Entendendo a nossa posição em Cristo: Nm. 13:1-3; Nm. 13:25-33;
2.2 – O Senhor nos vê como gigantes;
2.3 – Onde estamos assentados espiritualmente: Ef. 2:4-6;
2.4 – Sou cabeça e não cauda: Dt. 28:13;
2.5 – Não voltar a ser comida da serpente: Gn. 3:14;
2.6 – Sou valoroso: Jz. 6:1-3; Jz. 6:11-19;
2.7 – Aprendendo a usar as armas certas: (o nome de Jesus – Mc. 16:16-18 ) ; (o sangue de Jesus – Ap. 12:10,11 ) ; (os anjos do Senhor – Hb. 1:13,14 ; Sl. 91:11) ; (a unção com óleo – Is. 10:27);
2.8 – Obedecer ao ide de Jesus: Mt. 28:19,20 ; Mc. 16:15 ; Mt. 9:35-38 ; Jo. 4:35;
2.9 – Vida de testemunho fiel ao Senhor: 2Tm. 2:15; 2Tm. 2:23,24; Hb. 12:1-3;
2.10 – Ser referência para os outros: 2Tm. 2:1,2;
2.11 – Ser fiel nos dízimos e ofertas missionárias: Ml. 3:8-11; Lc. 6:38; Pv. 11:24;
2.12 – Vida de oração: Jr. 29:12,13; Jr. 33:3; 1Ts. 5:17; Mt. 7:7,8;
2.13 – Aprendendo adorar ao Senhor: Jo. 4:23-24.

Conclusão: Quais os embaraços e laços que precisam ser eliminados na minha vida hoje? Necessito controlar minha língua. Renunciar pecados e maldições, melhorar minha vida devocional e testemunhar no Espírito Santo, tome posse hoje da vida sobrenatural do Senhor.

“APRENDENDO A VIVER NO SOBRENATURAL” – PARTE A – 01/11

“APRENDENDO A VIVER NO SOBRENATURAL” – PARTE A

Texto: Deuteronômio 30:1-10 (ORE ANTES DE MINISTRAR).

Introdução: Para viver um vida no Sobrenatural, precisamos viver uma vida controlada pelo Espírito Santo. O Senhor quer que tenhamos uma vida devocional (oração, Palavra, jejum, etc.) para sermos melhores para Ele e para melhor serví-lo.

1º) SER O MELHOR PARA DEUS:
1.1 – Viver sem embaraços: Hb. 12:1;
1.2 – Eliminar os laços: 1Tm. 3:7; At. 8:22,23;
1.3 – Ter bom testemunho de todos: At. 22:12;
1.4 – O testemunho requer renúncias: Mt. 16:24;
1.5 – O bom testemunho através da língua: 2Tm. 2:14-18;
1.6 – Testemunhando no silêncio: Sl. 46:10;
1.7 – Melhorando a vida espiritual.1Rs. 19:1-14;
1.8 – Testemunhando no Espírito: Gl. 5:16-25;
1.9 – Hora de ouvir a Deus. Jn. 1:1-3;
1.10 – Viver no centro da vontade de Deus. Gl. 2:19,20; Fp. 3:12-17; 3:7,8.

Conclusão: Quais os embaraços e laços que precisam ser eliminados na minha vida hoje? Necessito controlar minha língua. Renunciar pecados e maldições, melhorar minha vida devocional e testemunhar no Espírito Santo, tome posse hoje da vida sobrenatural do Senhor.

Por que o alvo são as crianças? Por Sérgio Renato de Mello

Hoje em dia já se vê que a volta de Jesusestá próxima. O previsto na escritura é um prenúncio do grande dia, o dia em que alguns receberão a salvação e outros, infelizmente, não. O destaque para os dias que correm é com relação às crianças. Por que querem tanto desfigurar as crianças? Por que querem tanto desnaturar um ser em desenvolvimento com cenas de sexo e nudez para combater o preconceito e a desigualdade?

A estratégia satânica não se refere apenas às crianças. Ela diz respeito aos filhos. O objeto de desejo do mal são os filhos pequenos. A importância deles para nós, cristãos, é tão grande quanto a que Deus deu ao seu, Jesus. Não foi à toa porque Deus deu seu único filho para salvar a humanidade. Deus, o criador, poderia ter dado o que quisesse, qualquer outro bem material ou imaterial. Só que não. Deus resolveu sacrificar um filho. E o diabo sabe disso e investe pesado para desnaturar a criação de Deus aqui na terra, o homem, o ser humano, mais especificamente, para doer mesmo no coração do cristão, a criança, o filho pequeno.

O diabo é mesmo astuto e ele não para em serviço, não mede esforços para conseguir o que quer. Não perde tempo, muito embora tenha todo o tempo do mundo, a eternidade toda. Nesse ponto, o diabo ganha do cristão. O cristão desiste facilmente do que quer, sente-se cansado e desanimado na primeira tentativa fracassada. O diabo não. Ele vai até que o cristão ceda. Deus deixou dito: resisti ao diabo e ele fugirá de voz!

O diabo não quer saber da origem da criança ou do filho. Não quer saber se a criança é filho de um cristão ou não. O que importa é a condição de filho do homem.

Por outro lado, já não vem de hoje que a cultura cristã está ameaçada. Já nem falo de religião cristã. Falo de cultura mesmo porque o viés cultural do cristianismo é também de grande valia, na medida em que existem pessoas que dizem não acreditar em Jesus, no cristianismo, mas esboçam um certo aspecto cristão de ser. Isso é cultural. Vem da moral cristã. Isso também tem que ser defendido com unhas e dentes por todos, incluindo cristãos. Cristãos com certa sensibilidade e consciência do seu papel evangelizador, sempre à espera e à espreita de mais uma alma a ser ganha.

Nietzsche, em sua passagem pela terra, disse que Deus estava morto. Ele referia que Deus estava inoperante diante de uma cultura cada vez mais secularizada, incaulta e pagã, não necessariamente que Deus não existia ou que tinha existido e morrido. Mas Jesus deixou em registro que sobrevive até hoje: “Os céus e a terra passarão; minhas palavras, porém, não passarão”. G. K. Chesterton escreveu que a religião e a fé não morreram, sobreviveram. No seu livro O homem eterno está escrito sobre as cinco morte da fé. Porém, ela morreu e sobreviveu, estando ainda hoje viva entre nós. É muito fácil todos serem agnósticos sem abolir os bispos, disse Chesterton, naquela obra.

Mas o cristianismo sobreviveu a tudo o que a história nos conta em registro, pois ele tem um Deus que conhece o caminho para fora da sepultura (Chesterton).

Quando digo que o diabo é astuto, esperto, entusiasmado, guerreiro mesmo, estou me referindo ao seu modo de agir. Não o estou enaltecendo, obviamente. Esse texto é apenas um repasse do pouco conhecimento que tenho a respeito das coisas da fé e do que sinto em relação ao que Deus quer para todos. De nada adianta saber a bíblia de ponta a ponta e não praticá-la, entendê-la, sentir o seu espírito. Por isso digo e afirmo que o diabo quer nossas crianças, nossos filhos, para ele, porque tem inveja de Deus, que deu seu único filho em salvação por nós. Aliás, o diabo inveja Deus em tudo, quer copiá-lo.

As palavras de Jesus sobrevivem até hoje. Elas nunca passarão. Mesmo que os inimigos da fé continuem a combatê-la, será como se combatessem a natureza (e a mais importante das vítimas será a natureza humana), como se lutassem contra os céus. Vale repetir: “céus e terra passarão; minhas palavras não”.

“Adoração é uma arma espiritual”, diz cantora do Hillsong

Taya Smith fala sobre sucesso e espiritualidade

Provavelmente todo evangélico que esteve em um culto na última década cantou alguma versão de músicas do ministério Hillsong, da Austrália. A voz mais conhecida atualmente é de Taya Smith, vocal principal da Hillsong UNITED.

Em um vídeo divulgado recentemente, ela falou um pouco sobre a busca pelo sucesso, algo que ela nega. “Adoração é uma arma espiritual”, afirmou Smith.  “Quando você dá às pessoas as palavras certas, numa canção, ela funciona quase como uma espada. Nossas letras são baseadas na Bíblia e a Bíblia é a verdade… Então na adoração usamos palavras que funcionam como uma arma pra limpar meus pensamentos”, explica.

A canção mais popular do grupo é Oceans – regravada em português por Ana Nóbrega. Mas Taya diz que o louvor sempre foi a maneira que ela usou para lidar com situações difíceis em sua vida.

Lembrou ainda de momentos quando foi acusada de cantar músicas que lhe renderam fama e dinheiro. Para a vocalista, isso nunca foi importante: “Adoração é sobre ser sincero diante de Deus”, rebate.

“Nós fomos chamados para sermos adoradores em espírito e verdade e precisamos ser verdadeiros”, lembra, acrescentando que muitas vezes isso é difícil. A cantora admite que por vezes é confrontada pelas “partes feias se sua vida, incluindo dúvidas, maus pensamentos e sentimentos”. Mesmo assim, ela continua em frente.

“Experimentei a bondade de Deus nos momentos em que teria sido mais fácil me afastar”, mas ao invés de sentir-se desencorajada em liderar a adoração, ela acredita que esses momentos a fizeram “prosseguir, buscar as coisas de Deus e Ele colocou as palavras na minha boca quando eu precisava acreditar”. Com informações de

Assista a entrevista:

 

Avon não quer que você chame sua filha de “princesa”

O documentário “Repense o Elogio”, usado pelo Fantástico como base de sua matéria que mostrava a ideologia de gênero como “brincadeira de criança” foi patrocinado pela Avon.

A empresa de cosméticos nos últimos anos já vinha fazendo campanhas que apostavam no “gênero neutro” para maquiagem e no chamado marketing de lacração, que usa pautas liberais como mote principal.

Após a repercussão negativa da matéria do Fantástico e da campanha fracassada do sabão em pó OMO os internautas conservadores estão denunciando a Avon por ter bancado a produção do documentário dirigido por Estela Renner.

No Youtube, o vídeo já acumula quase 10 mil “não gostei”. Na descrição, afirma que o objetivo é fazer “a reflexão sobre a maneira como os filhos e filhas são elogiados”. Contudo, há cenas onde claramente promove uma troca de lugares, com meninos se vestindo como meninas e meninas rejeitando a feminilidade.

O material também tem um viés feminista, nada apropriado para crianças, onde mostra que as meninas deveriam receber os mesmos elogios. Ou seja, ao invés de “lindas, princesas e delicadas”, deveriam, como os meninos serem “fortes, inteligentes e corajosas”.

No finalzinho  do documentário, a mensagem deixada na tela é clara:  “o que você diz às meninas hoje, influencia quem elas serão amanhã.”

 

Nick Vujici testemunha 400.000 conversões na Ucrânia

O evangelista Nick Vujicic, que nasceu sem braços nem pernas, disse que sua equipe testemunhou cerca de 400 mil pessoas se arrependendo publicamente de seus pecados e decidindo seguir Jesus Cristo em um evento recente na Ucrânia. Essa foi a maior resposta que seu ministério já viu.

“O maior evento que a equipe da Life Without Limbs já viu e talvez o maior evento da Europa: foram 800 mil pessoas nas ruas de Kiev, Ucrânia! Obrigado, Deus”, escreveu Vujicic no Facebook na terça-feira.


“400.000 se arrependeram de seus pecados e começaram sua jornada espiritual com Jesus – Agora comemoramos o testemunho de 1 milhão de decisões de pessoas que irão caminhar e confiar em Deus em tudo”, acrescentou.

Vujicic é famoso por seu testemunho de vida. Ele nasceu com uma grave deformidade, mas já fez centenas de palestras ao redor do mundo convidando pessoas para seguirem a Cristo.

 

Ele esteve na Ucrânia em setembro, onde fez cruzadas durante vários dias.Também fez uma parada na Rússia durante sua mais recente viagem.


“Infelizmente, não consegui encontrar o presidente nesta viagem, mas continuamos a plantar sementes de amor e esperança em todo este país até algumas portas sejam abertas para compartilharmos o evangelho- obrigado pelo seu apoio”, escreveu ele.

Os evangélicos ucranianos vêm realizando vários grandes eventos na Ucrânia. Mês passado, mais de 500 mil deles chegaram às ruas de Kiev para celebrar o 500º aniversário da Reforma Protestante.

Sergey Rakhuba, da Missão Eurasia, disse que a Igreja ucraniana vem enfrentando grandes desafios por cauda do conflito armado entre a Rússia e a Ucrânia. Com informações de Christian Post

Perdemos o melhor de Deus por não pedirmos a Ele o impossível, afirma pastor Rick Warren

Em um devocional publicado recentemente, o pastor Rick Warren afirmou que os cristãos devem, em suas orações, pedirem a Deus coisas impossíveis como forma de conhecerem a extensão de Seu poder e exercitarem a fé.

Warren, autor do livro Uma Vida Com Propósitos, abordou o assunto lembrando que todas as pessoas enfrentam adversidades e lutam com situações para as quais não têm solução em mente.

“Você já se encontrou em uma situação difícil? Fico surpreso se você respondeu não! Todos enfrentamos lutas, provações e tentações em nossas vidas; momentos em que sentimos que uma saída é simplesmente impossível. Mas é nesses momentos exatos que devemos gritar a Deus por ajuda”, contextualizou.

“Quando você é colocado em uma situação impossível, seu talento, lógica e educação não resolverão seu problema”, pontuou o pastor, acrescentando que “só Deus pode”.

Citando um exemplo bíblico, o pastor Rick Warren falou de Daniel, que pediu ajuda a Deus para interpretar o sonho do rei Nabucodonosor: “Ele precisava do Senhor para mostrar o que ele nunca seria capaz conseguir por conta própria. Daniel poderia adivinhar por mil anos e nunca descobrir o sonho do rei. Mas Deus poderia dizer a ele em um instante”, constatou.

“Muitas vezes, perdemos o melhor de Deus simplesmente porque nunca pedimos a Ele“, concluiu Rick Warren.

Ao Olhar de Deus – Pr Gean Carlos

Here is the Music Player. You need to installl flash player to show this cool thing!

Download “Ao Olhar de Deus - Pr Gean Carlos” Pr-Gean-08-10-17-Dom-Noite.mp3 – Baixado 11 vezes – 17 MB

Maturidade – Pr André Oliveira

Here is the Music Player. You need to installl flash player to show this cool thing!

Download “Maturidade - Pr Andre Oliveira” Pr-André-01-10-17-Dom-Noite.mp3 – Baixado 2 vezes – 20 MB

Imagem de Deus – Pr Gean Carlos

Here is the Music Player. You need to installl flash player to show this cool thing!

Após militância LGBT influenciar mudança doutrinária, Igreja Anglicana celebra primeiro ‘casamento gay’

A secularização das Igrejas Anglicanas na Europa segue a todo vapor, e pela primeira vez na história, uma cerimônia de união homossexual foi realizada em um templo da denominação na Escócia.

Os homossexuais Peter Matthews e Alistair Dinnie se tornaram os primeiros a oficializarem sua união em uma cerimônia realizada em uma Igreja Anglicana no Reino Unido. O “casamento gay” aconteceu em Edimburgo, com aprovação da Igreja Episcopal Escocesa e comemoração por parte dos ativistas gays.

Os jornais The Times Scotland e Telegraph repercutiram o fato anunciando que desde que a cerimônia foi realizada, no começo de setembro, outros homossexuais oficializaram suas uniões em templos cristãos das cidades de Glasgow e Moray.

O reverendo Markus Dunzkofer afirmou à BBC que era “um privilégio e uma honra” celebrar a união de Peter e Alistair, já que a permissão havia sido dada desde a alteração da lei canônica da Igreja Episcopal durante o Sínodo Geral em Edimburgo, realizado em junho.

“Estou encantado que os dois se uniram e tiveram o casamento na igreja. O amor que eles têm um pelo outro é bastante óbvio. Ele não alimentou apenas a mim, mas a muitos membros da congregação. São membros muito ativos e solidários da igreja. Não estaríamos onde estamos sem eles”, acrescentou o reverendo Dunzkofer.

A mudança nas regras da igreja só foi implementada porque os membros votaram pela retirada da cláusula doutrinária que estipulava o casamento apenas como a “união de um homem e uma mulher”. Agora, o texto diz que “o clero que não desejar presidir casamentos do mesmo sexo, não será obrigado a fazê-lo contra a consciência”.

No entanto, a mudança não é do agrado de todos na Igreja Episcopal Anglicana. O secretário geral da Comunhão Anglicana, Josiah Atkins Idowu-Fearon – que teve o nome omitido pela reportagem do Telegraph – destacou que a decisão “está em desacordo com a posição da maioria de que o casamento é a união ao longo da vida de um homem e uma mulher”.