Homem de 41 casa com menina de 11, alegando que lei islâmica permite

O casamento de um homem de 41 anos e uma menina de 11, reacendeu a polêmica sobre a separação da lei civil e a sharia, lei religiosa islâmica. Celebrado no mês passado, o casamento pedófilo ocorreu na fronteira da Tailândia com Malásia, país onde a maioria da população é muçulmana.

Na Malásia, menores de 16 anos podem casar, caso tenham a permissão de um tribunal de sharia. Porém, o Ministério de Mulheres e Famílias do país garante que não é a legislação em vigor no país.