“Deus é verdadeiramente o maior”, diz Lewis Hamilton ao receber capacete de Ayrton Senna como homenagem

Lewis Hamilton é um dos grandes pilotos da história da Fórmula 1, e sempre declarou sua admiração por Ayrton Senna, falecido em 1994. No último final de semana, igualou um dos maiores feitos do brasileiro e agradeceu a Deus pelo privilégio.

No Canadá, o piloto inglês igualou-se à marca de 65 pole positions estabelecida por Ayrton Senna ao longo de sua carreira. Antes, Hamilton já havia igualado o número de títulos mundiais, três, e superado o número de vitórias, 41. Atualmente, o piloto da Mercedes tem 56 troféus de primeiro colocado.

A família de Ayrton Senna, através do intituto que leva o nome do piloto, resolveu retribuir todo o gesto de carinho que Lewis Hamilton sempre demonstra pelo tricampeão e o presenteou com um capacete, no dia em que ele igualou a marca mais impressionante da carreira do brasileiro.

Ao receber o presente, Hamilton não conseguiu evitar a surpresa, e as câmeras de TV flagraram o piloto às lágrimas. “Estou tremendo. Para muitos de vocês, Ayrton foi o piloto favorito. Ele era o meu também. Receber isso, e empatar com ele é uma grande honra”, disse.

“Em absolutamente descrença com o que aconteceu hoje. Deus é verdadeiramente o maior. Meus sonhos mais loucos se tornaram realidade, e eu sou tão grato! Obrigado família Senna por esse presente inacreditável. O capacete do meu herói. UAU! Eu vou apreciar isso para sempre”, afirmou.

+ Lewis Hamilton agradece a Deus: “Ele tem um plano pra mim, mas não sei qual”

Em outras oportunidades, Lewis Hamilton já deu mostras de sua espiritualidade, agradecendo a Deus por suas conquistas e dizendo que “conta as bençãos” recebidas. No começo da carreira, afirmou sem meias-palavras: “Ele tem um plano para mim, só não sei qual é”.

“Eu apenas sou grato por estar aqui, é um clima bonito, só 22 de nós podem correr, eu estou na frente desses 22, então sou superabençoado, por isso, nesse período, eu apenas conto as minhas bênçãos”, disse o tricampeão mundial há pouco mais de um ano.

A emoção de Hamilton por ser presenteado com um capacete de Ayrton Senna se prolongou por algumas horas, já que levou a relíquia para o pódio, na foto oficial dos três primeiros colocados no treino de classificação, e também para a entrevista coletiva.