“Diabo” desfila em igreja evangélica de Londres

A designer turca Dilara Findikoglu apresentou sua coleção Primavera/Verão 2018 na London Fashion Week esta semana. Para surpresa de muitos, ela escolheu montar a passarela dentro da igreja anglicana Saint Andrew, no centro de Londres.

Para o observador atento, o desfile acabou revelando diversas referências à missa negra praticada pelos satanistas. A título de decoração, o altar da igreja foi ornado com simbolismo ocultista, que lembra lojas maçônicas. Entre os pilares está a letra G dentro de um pentagrama invertido. Também pode ser notado a presença do “olho que vê tudo” dentro de um hexagrama.

O piso do templo se transformou em passarela, por onde passaram modelos que ostentavam no rosto símbolos reconhecidamente ligados ao ocultismo e o satanismo, incluindo cruzes invertidas.

O “ponto alto” da mostra foi a presença da modelo Violet Chachki, uma drag queen, que ostentava chifres, e roupa vermelha, remetendo os presentes à imagem popular do próprio Satanás.  Segundo a estilista turca, a proposta era a androgenia, e a mistura de gêneros para uma moda unissex.

Enquanto Dilara foi chamada de “rebelde do mundo da moda”, ela aproveitou para reforçar sua marca, que já é usada por celebridades como Rihanna. Com informações Daily Mail