Jesus te Pergunta hoje, O que queres que eu te faça? Terceira semana de abril 2018

Dica de quebra-gelo

Escreva as frases abaixo em tiras de papel. Peça a alguns participantes que escolham uma tira e, por meio de gestos, “digam” o que está escrito no papel. Após cada apresentação, as pessoas  tentam adivinhar o que foi “dito”. :

-Cai fora! Eu te amo.

-Você poderia me ajudar, por favor?

-Eu não estou entendendo. Por que você fez isto?

Eu não acredito. Não foi culpa minha.

Estou com medo.  Vai me deixar só? Chame a polícia. Incremente o exercício fazendo com que os participantes dialoguem por meio de gestos. Podem usar estas frases ou criarem outras.

 

Palavra
“Que queres que Eu te faça?” Ao que lhe respondeu o homem: “Senhor, eu quero voltar a enxergar!” 

​Lc 18, 41-42

Neste dia de hoje; e não importa o dia que você estará lendo este artigo – pois somente e sempre teremos o dia de hoje – Jesus quer fazer com que você viva a atualização da Sua Palavra. Fazendo com que você possa experimentar aquilo que muitos experimentaram em suas vidas quando se encontraram com Ele.

O Encontro com Jesus é sempre um encontro libertador! É sempre um encontro que cura as nossas feridas e nos preenche de amor!

Hoje Jesus lhe faz uma pergunta; a mesma pergunta que por algumas vezes Ele fez, há mais de dois mil anos atrás para diversas pessoas na qual Ele se encontrou. Pessoas, sempre estas, necessitadas de uma intervenção de Jesus.

Hoje Jesus faz esta pergunta à você: “Que queres que Eu te faça?“

Mas preste muita atenção, porque na sua resposta pode estar todo o novo rumo da sua vida. As pessoas que responderam esta pergunta de Jesus há mais de dois mil anos atrás, com certeza não foram as mesmas, mas tudo dependeu das respostas que deram. Portanto, não tenha pressa em responder esta pergunta que hoje Jesus lhe faz: “Que queres que Eu te faça?“

Que pela força do Espírito Santo esta Palavra possa ser atualizada hoje na sua vida. Jesus é o mesmo de ontem, de hoje e de sempre, e por isso Ele poder realizar tudo aquilo que há mais de dois mil anos Ele já fez por aqueles que também souberam dar a resposta certa à esta pergunta.

“Tudo é possível àquele que crê“, por isso responda esta pergunta que Jesus está te fazendo no dia de hoje, e depois partilhe comigo os seus frutos!

“Que queres que Eu te faça?“

Coragem…

 

Frase para o líder
O potencial do líder é determinado pelas pessoas mais próximas dele.

John Maxwell

CLICK AQUI PARA BAIXAR: Dica de quebra

Que Presente você daria ao Senhor? Segunda semana de abril 2018

Dica de quebra-gelo

Tempo: depende da quantidade de pessoas.

Material: 1 caixa grande com um embrulho bem bonito e 1 caixa pequena e feia (pode ser embrulho de jornal).

Desenvolvimento: O líder tem que pedir para os participantes escolher uma dessas caixas como presente e dentro da caixa pequena escreva sabedoria  e encha ela de balas e na caixa grande escreva perdição.

Moral: As coisa bonitas nem sempre é  de DEUS, pode ter certeza que nunca o inimigo colocara coisa boas nas nossas vida.

 

Palavra
Alvo: Que darei ao SENHOR por todos os seus benefícios para comigo? Salmo 116.12

 

O Alabastro era um pote feito de uma pedra somente encontrada nas imediações de uma cidade Egípcia chamada Alabastron. Era semelhante ao mármore, mas era mais maleável e facilmente se modelava os potes de perfumes.

O nardo era um bálsamo feito da raiz de uma planta da Índia que crescia nas montanhas do Himalaia. Os árabes a chamavam de “cravo indiano”. Não era apenas a distância, mas a raridade da planta que tornava o nardo caríssimo e tão procurado.

O alabastro e o nardo oferecido por Maria a Jesus talvez tenha sido o presente mais caro que Jesus recebeu em todo o seu ministério. Alguns eruditos, com base no cálculo de Judas, que avaliou o presente em 300 denários, chegam a calcular, a preço de hoje, entre 15 e 20 mil dólares, cerca de 60 mil reais.

Maria quebrou o gargalo do vaso e derramou completamente o balsamo sobre a cabeça de Jesus. Por isso disseram:

Que desperdício! Veja, não apenas o presente foi caro, mas foi dado sem retorno. Jamais seria reutilizado o vaso de alabastro e nem o seu perfume. Quero chamar sua atenção para essa figura do Alabastro sendo quebrado para despejar o perfume. Existem dois tipos de pessoas: A inquebrável e as quebrantável.

Pessoa inquebrável: Jamais poderão ser utilizados para alegrar a Deus, nunca desperdiçam suas emoções com nada. Nunca choram, nunca se alegram, nunca vibram. São vasos de alabastros que nunca foram quebrantados, logo nunca ofereceram nada a ninguém. Qual foi a ultima vez que você foi quebrantado pela Palavra de Deus? Qual foi a ultima vez que você realmente se importou com o que o Senhor Jesus sente, e não com o que você precisa?

Pessoa quebrantável: Maria apresentou-se para alegrar o coração de Jesus, não para arrancar algum benefício para sua própria vida. Só que antes de quebrar o vaso de alabastro, ela precisou quebrar a si mesma, oferecer a si mesma. Maria deu tudo o que tinha. Mas teria a sua recompensa. Daquele dia em diante, por todo mundo ficaria registrado o seu presente, o dia em que Jesus foi abençoado por uma simples mulher apaixonada. Você ofereceria a Deus, um presente desses? Isso é amor.

 

Conclusão:

Os inquebráveis trazem à Deus as migalha da sua dedicação, a migalha do seu tempo. E ainda querem que Deus lhes dê tudo do bom e do melhor.

Vamos encher o altar do Senhor de vasos de Alabastros a serem quebrados.

Vamos ungir os seus pés como o Nardo da nossa obediência e submissão.

Pois Jesus é Digno pelo sacrifício por nós.

Ml. 6.6; Sl. 51.10-12; Sl. 116.12.

 

 

Frase para o líder
A rigidez é o câncer da alma. Ela não apenas fere os outros, mas pode se tornar a mais drástica ferramenta autodestrutiva do homem.

Augusto Cury

CLICK AQUI PARA BAIXAR: Que Presente você daria ao Senhor

O Milagre da Fé – Primeira semana de abril 2018

Dica de quebra-gelo

Objetivo: Levar o grupo ao entendimento de que a fé é essencial para superar todas as lutas e desafios. Leia Hebreus 11.6 ou qualquer outro texto que você esteja trabalhando sobre fé.

Material: Uma bola pequena + 8 a 10 vasilhames de refrigerante descartáveis, transparentes, sem o rótulo e com tampa + tintas (diversas cores) + 9 a 11 etiquetas adesivas ou papéis para colar.

Desenvolvimento: Encha as garrafas com água. Para dar um colorido a cada uma das garrafas, misture alguma tinta colorida na água, se possível de diversas cores, para dar maior contraste.

Escreva nas etiquetas ou papéis 10 obstáculos que impedem a fé de agir e que nos afastam de Deus, como por exemplo: egoísmo, inveja, orgulho, vergonha, ira, rancor, auto-suficiência, intolerância, incredulidade, vingança, preguiça, etc. Peça sugestões aos membros do grupo. Cole uma etiqueta em cada garrafa e peça aos membros que as arrume num extremo da sala, como se fossem um jogo de boliche.

Converse com os membros sobre o que seria capaz de derrubar estes desafios. Cole na bola uma etiqueta com a palavra FÉ.

Começa o jogo, todos deverão mirar os obstáculos e jogar a bola para tentar derrubá-los. Ganha quem conseguir derrubar todos os obstáculos. Podem tentar de novo, várias rodadas, e vê como cada um melhora o desempenho na próxima tentativa.

Desfecho: Termine fazendo uma reflexão, mostrando que aqueles que creem em Deus são capazes de superar esses obstáculos, inclusive o MEDO, e realizar grandes obras em Seu nome.

 

Palavra
Objetivo: Levar a cada participante a crer que milagres podem acontecer.

MARCOS 2 1-12

Contexto: 

A Bíblia nos diz que somos o sal da terra e temos que dar o sabor a desgraça do mundo. Não podemos deixar a natureza carnal em querer ver a desgraça humana como forma de divertimento.Temos que olhar para essas desgraças e ver que há solução se não fizermos nada podemos duvidar da nossa  fé.Nesta passagem esses homens creram que havia solução enfrentaram obstáculos (multidões) hoje nossos obstáculos é a falta de fé.Ele era um paralítico, quantos hoje estão paralíticos na fé nas finanças, nas emoções e etc…Mas os amigos da fé não se importaram com as circunstâncias a atitude deles fizeram com que se operasse o milagre. Três motivos que Jesus opera milagre hoje: Compaixão, Ele quer salvar o homem totalmente Hb 7:26-27, Ele delegou poder aos seus discípulos .

Conclusão: Devemos ter atitude de fé como aqueles quatro amigos e alcançar paralíticos ( pessoas carentes de Cristo) e aproxima-las do Senhor para receberem cura pois nós não podemos mas Cristo pode através da fé individualmente de cada um.

Aplicação: Para vermos milagres temos de colocar nossa fé em prática crer que o poder de Deus está em nós.

 

Frase para o líder
A genialidade de um bom líder é deixar para trás uma situação com a qual o senso comum, sem a graça da genialidade, consegue lidar de forma bem sucedida.

Walter Lippmann

Conhecendo as Quatro Leis Espirituais – Quarta semana de Março 2018

Quebra Gelo:

Dica de quebra-gelo
Desenvolvimento:
Peça para que a célula/turma se divida em dois grupos, e proponha a eles um desafio, de falar do céu e do inferno, mas de uma forma diferente, como se eles fossem corretores de imóveis e tivessem que apresentar o céu e o inferno como um prédio e você sendo o comprador. Durante a apresentação dos dois grupos faça perguntas como: como faço pra ir, quanto custa, la é legal, etc.
E no final, para finalizar a dinâmica escolha o que você se interessou!

Moral:
Como temos falado de DEUS hoje para os nossos amigos?
Será que estamos falando de verdade?
Hoje vemos muitas pessoas usando drogas, se prostituindo, bebendo, etc… Porque não tinha uma pessoa que foi lá e conversou com ele, ou ate mesmo teve, mas só falou DEUS é bom! Mas e dai, porque deus é bom?
Por isso devemos cada vez, mas falar de Jesus para as pessoas, explicar o bom que estar junto a ele, falar do amor dele, porque hoje é uma dinâmica, amanha você pode comprar o inferno sem querer!

 

Palavra
INTRODUÇÃO

Estudaremos hoje as Quatro Leis Espirituais, que podem dar ao homem: o entendimento básico e necessário para conhecer a Deus, o propósito que Ele tem para sua vida e o Seu plano maravilhoso de redenção para cada pessoa. Receba com fé e com o coração aberto esse estudo, onde o Deus Todo Poderoso, através do Espírito Santo, estará falando e revelando para você o Plano da Salvação.

1.   LEI: DEUS AMA VOCÊ E TEM UM PLANO MARAVILHOSO PARA SUA VIDA (Jo 3.16)

Jesus disse: “o ladrão não vem senão a roubar, matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância” (Jo 10.10). Muitos ainda não têm experimentado essa vida abundante, porque ainda não conhecem Jesus, o Autor da salvação.

2.   LEI: O HOMEM É PECADOR E ESTÁ SEPARADO DE DEUS; POR ISSO NÃO PODE CONHECER NEM EXPERIMENTAR O AMOR E O PLANO DE DEUS PARA SUA VIDA (Rm 3.23)

O homem foi criado para ter um relacionamento perfeito com Deus, mas, por causa da sua desobediência e rebeldia, escolheu seguir uma voz estranha e seu próprio caminho, que o levou ao pecado, desfazendo, assim, a sua comunhão com o Criador.

3.  Jesus Cristo é a única solução de Deus para o homem pecador. Por meio dele você pode conhecer e experimentar o amor e o plano de Deus para sua vida.

ELE MORREU EM NOSSO LUGAR
“Mas Deus demonstra seu amor por nós pelo fato de ter Cristo morrido em nosso favor, quando ainda éramos pecadores.” (Romanos 5:8)

ELE RESSUSCITOU DENTRE OS MORTOS
“Cristo morreu pelos nossos pecados… foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras… e apareceu a Pedro e depois aos Doze. Depois disso apareceu a mais de quinhentos…” (1 Coríntios 15:3-6)

ELE É O ÚNICO CAMINHO
“Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim.” (João 14:6)

 

Deus tomou a iniciativa de ligar o abismo que nos separa Dele ao enviar seu Filho, Jesus Cristo, para morrer na cruz em nosso lugar, pagando o preço dos nossos pecados.

Mas não é suficiente conhecer essas três leis…

 

4.   LEI: PRECISAMOS RECEBER A JESUS CRISTO COMO SALVADOR E SENHOR, POR MEIO DE UM CONVITE PESSOAL. SÓ ENTÃO PODEREMOS CONHECER E EXPERIMENTAR O AMOR E O PLANO DE DEUS PARA NOSSA VIDA (Jo 1.12

Recebemos Cristo pela fé, através de uma decisão pessoal. Assim diz a Palavra: “porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus. Não vem das obras para que ninguém se glorie.” (Ef 2.8-9). Receber Jesus como Salvador, implica em confissão e arrependimento, crendo que Cristo é o único que pode perdoar os nossos pecados.

 

CONCLUSÃO

Muitos têm procurado alcançar Deus indo por caminhos que jamais levarão a Ele.  O único caminho que nos leva a Deus é Jesus. Foi para salvar o homem que Ele “se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do Unigênito do Pai,

Cura Plena! Pra. Iria Souza

Here is the Music Player. You need to installl flash player to show this cool thing!

Download “Cura para a Alma - Pra. Iria Souza” Pra-Iria-11-3-18.mp3 – Baixado 15 vezes – 45 MB

Salvação Plena! Pr Gean Carlos

Here is the Music Player. You need to installl flash player to show this cool thing!

Download “Sou Salvo?” Pr-Gean-04-03-2018.mp3 – Baixado 19 vezes – 41 MB

Produtores de séries de TV buscam audiência fazendo chacotas com evangélicos

As produtoras de séries de TV vêm apostando cada vez mais em piadas e sátiras que ridicularizam os evangélicos, buscando audiência com esteótipos e achincalhe da fé protestante.

As chacotas variam de teor, passando pela crença na Criação do universo, até relações homossexuais entre fiéis. A receita polêmica parece ser uma das preferidas dos profissionais de TV atuais, visto que o segmento evangélico sempre se opõe à agenda em voga, destacando que homossexualidade, aborto e ideologia de gênero são contrários à Bíblia.

Aclamada como uma das maiores séries cômicas dos últimos anos, The Big Bang Theory(Warner), costuma mostrar Mary, a mãe do nerd Sheldon Cooper (Jim Parsons), como uma evangélica devota, típica do conservador estado do Texas, e usa isso para expor a veia racional – e por vezes ateísta – do protagonista.

Nos episódios da série, debates sobre o criacionismo e o evolucionismo são constantes entre Mary e Sheldon, sempre com a mãe exposta como uma fanática religiosa e hipócrita, já que o filho a flagrou transando com o namorado.

“Essa visão de que o evangélico não pratica o discurso que prega é marca de outras comédias”, destacou o jornalista João da Paz, do Notícias da TV.

Uma das séries que seguem essa linha é Blackish (Sony), em que uma avó, interpretada por Jennifer Lewis, mostra-se uma cristã fervorosa, mas vive trocando de namorado e adapta a Bíblia ao seu interesse.

A versão norte-americana de The Office (2005-2013) costumava atacar os evangélicos através de uma personagem que era contadora. Ela se dizia cristã e sempre era vista lendo a Bíblia, mas os colegas a consideravam pouco confiável.

Netflix

A plataforma de streaming de vídeos costuma, com frequência, alfinetar a fé cristã em suas produções. Em algumas delas, o assunto preferido é o estereótipo de que igrejas são uma comunidade formada por hipocrisias e escândalos sexuais.

Greenleaf é uma série que constrói sua trama em cima de adultérios, homossexualidade, sexo no templo ao lado da Bíblia, estupro de adolescentes e desvio de dinheiro. O roteiro se resume, basicamente, em mostrar a comunidade evangélica como uma enorme hipocrisia.

Já em The Get Down (2016-2017), que conta o surgimento do hip-hop nos anos 1970, um pastor pentecostal é mostrado como um radical religioso, que não permitia que a filha cantasse músicas seculares e a agrediu antes de expulsá-la de casa por esse motivo.

Evangélicos

Essa receita no entanto, pode se voltar contra as produtoras norte-americanas. Uma pesquisa de 2015 do instituto Pew Research mostrou que 70,6% da população dos Estados Unidos é cristã, e dessa fatia, 46,6% são protestantes. Há mais norte-americanos sem religião (22,8%) do que católicos (20,8%).

Talvez por isso a Netflix tenha apostado em uma série dramática que mostra uma família evangélica enfrentando um grave problema depois que o filho foi atropelado. Sem chacotas, Seven Seconds mostra os momentos de aflição, oração e questionamento da família durante a provação.

 

Mensagens subliminares vêm sendo usadas em filmes e séries para influenciar o comportamento, alerta pastor

A sutileza na trasmissão de mensagens e conceitos através dos principais conteúdos de entretenimento popular, como filmes, séries, desenhos infantis e novelas, é um tema que causa diferentes reações entre os evangélicos: uns consideram paranoia e fanatismo, enquanto outros sempre ressaltam a importância de estar alerta sobre o tema.

O programa Bate-Papo, da Rede Super, abriu espaço para o assunto numa entrevista do pastor Eduardo Coimbra, que trouxe luz à questão lembrando que o uso do conceito de “mensagem subliminar” é ampla no marketing, como uma ferramenta de vendas, mas também é usada de forma a disseminar novos conceitos, muitas vezes antibíblicos, em filmes, séries, desenhos, música e novelas.

“É como se fosse um cavalo de Troia, vem embutido. Esse tema é pouco discutido na igreja e tem certa discriminação no meio evangélico”, comentou, referindo-se à parcela do segmento religioso que considera a discussão sobre isso um exagero. “É classificado como aquelas pessoas que são fanáticos, mas na realidade é algo que tem massacrado sobretudo as crianças e os jovens”, alertou.

“A mensagem subliminar foi uma descoberta na área da publicidade é por meio dela as pessoas poderiam alterar o comportamento de outros. Com o passar do tempo a gente percebeu também que havia influência no mundo espiritual e acabou se tornando algo muito amplo na vida das pessoas”, acrescentou Coimbra.

O pastor enfatizou que uma mensagem transmitida de maneira subliminar, geralmente, é imperceptível para a maioria das pessoas: “Quando você vai para o campo da percepção, da pesquisa, da informação, aí você começa a abrir a sua mente em relação aquela informação. Agora no dia a dia, ninguém percebe”, argumentou.

De que forma essas mensagens são transmitidas? “Um objeto neutro, quando impregnado de maldade, pode trazer maldições para as nossas vidas”, disse, lembrando que em relação às crianças, os desenhos – antigos e novos – sempre foram usados como veículo de difusão de mensagens subliminares.

“[Há] desenhos atuais, que por meio das mensagens subliminares querem embutir comportamentos, hábitos e influências nas pessoas. Não apenas em crianças, mas no espectador em geral […] Nós precisamos separar aquilo que a mensagem explícita do que é mensagem subliminar. Isso vai influenciar o comportamento direto, vai trabalhar no conceitual. Esse filme Frozen é muito mais atrativo pelo seu enredo do que subliminarmente. Foi algo colocado propositalmente”, exemplificou.

“O segredo da mensagem subliminar é você não rejeitar. Vai entrando e posteriormente vai atuar na sua vida, alterando comportamentos para te influenciar. Aquilo que é explícito ou você rejeita ou você absorve”, ressaltou.

Assista ao trecho do programa em que o assunto foi debatido:

Grupo de 50 hindus ataca igrejas cristãs e espanca a mulher de um pastor com ajuda policial

A perseguição religiosa aos cristãos na Índia está se tornando cada vez mais violenta, segundo relatos da World Watch Monitor, organização que monitora casos de perseguição religiosa em várias partes do mundo. No último dia 11, a entidade registrou mais um ataque aos cristãos indianos, no sul de Tamil Nadu, onde além de destruição aos objetos de culto, várias pessoas foram espancadas, incluindo mulheres.

O ataque foi provocado por um grupo com cerca de 50 hinduístas, considerados “extremistas”. Eles estavam acompanhados por um policial destacado pelo Estado, disseram as testemunhas do caso. O grupo pertence a organização Hindu Munnani, uma entidade criada para defender o hinduísmo, supostamente, de outras religiões.

Segundo as testemunhas, Thangam Venkatesh, um dos líderes da Hindu Munnani, foi quem coordenou a onda de ataques que atingiram quatro igrejas cristãs em Tamil Nadu:

“Por volta das 9 da manhã, Venkatesh foi ao salão de oração e atacou o pastor Ravi Jacob. Ele usava linguagem extremamente vulgar e depois bateu em sua esposa, Persis”, disse John J.Y. Arul, presidente da ordem de pastores da região, para a WWM.

“Os extremistas eram agressivos e incontroláveis. Em frente às crianças e outros membros da igreja, eles violentamente bateram no pastor Jacob e sua esposa, Persis. Eles removeram a roupa da mulher e repetidamente chutaram seu rosto”, disse ele.

O que mais chamou atenção no caso, além da brutalidade e intolerância contra os cristãos, foi a proteção do policial, representante do governo. Na prática, isto significa que os cristãos da região estão desprotegidos e abandonados pelas leis do Estado. Arul contou que o próprio policial ajudou os indus extremistas:

“Não consigo repetir as palavras que eles usaram contra Persis. Ficamos chocados com o comportamento desumano. Quando Persis estava gritando por ajuda, o guarda da polícia, que estava com o líder Munnani, pediu que ela se prostrasse aos pés de Thangam Venkatesh e pedisse perdão”, disse ele

Universidade proíbe expressão ‘Deus te abençoe’ por receio de ofender alunos muçulmanos

Em tempos de uma sociedade altamente sensível, os argumentos para censurar a liberdade de expressão, e principalmente religiosa, começam a se tornar escassos, mas a perseguição não deixa de acontecer por isso. Agora, uma universidade proibiu a expressão “Deus te abençoe” para que muçulmanos não se sintam ofendidos.

A biblioteca da Universidade Simmons, em Boston, Massachusetts (EUA) possui um Guia de Anti-Oclusão, com uma extensa lista do que pode ou não pode ser feito. E os idealizadores do material demonstraram ter uma certa obsessão com eventuais queixas de muçulmanos, e decidiram proibir a expressão mais comum usada por um cristão.

De acordo com informações do portal Charisma News, os funcionários da universidade acreditam que a frase “Deus te abençoe” pode desencadear algo pior do que uma pequena agressão, pois consideram-na islamofóbica. E até têm um novo termo para isso: “Islamomísia”.

A “doença”, denominada islamomísia, seria uma espécie de “balaio” que abrange todas as possíveis queixas que um muçulmano venha fazer: “Na América do Norte (e em grande parte do mundo ocidental), as pessoas que seguem o cristianismo têm poder institucional, portanto, a islamomísia é uma discriminação sistematizada ou antagonismo dirigido contra muçulmanos devido à sua religião ou identidade religiosa, nacional ou étnica percebida associada ao Islã”, diz o Guia da universidade.

Os bibliotecários estenderam ainda as proibições a outras frases, como “Feliz Natal” e “Feliz Páscoa”, alegando que estas saudações podem fazer com que os muçulmanos se sintam desprezados e oprimidos pelo “privilégio cristão”.

“Nos Estados Unidos e em muitas outras nações ocidentais, o cristianismo e suas diversas denominações e práticas religiosas possuem poder institucional e cultural”, repte o guia. “O privilégio cristão é o benefício não merecido que os cristãos nos EUA recebem e que os membros de outras religiões (ou pessoas não religiosas) não recebem”, acrescenta o documento, que mais parece uma queixa pessoal de quem o redigiu.

 

3 MOTIVOS PELOS QUAIS AS PESSOAS ACHAM DIFÍCIL A VIDA CRISTÃ. TERCEIRA SEMANA DE MARÇO

QUEBRA GELO:

Tempo: 5 Minutos
Desenvolvimento: Pedir a todos que se apoiem em um pé só, onde deverão dar um pulo pra frente sem colocar o pé no chão, um pulo para direita, e para esquerda, se abaixar e levantar.( Muitos iram desequilibrar e cair).

Moral: Não podemos ser individualistas, e seguir sozinhos. Podemos cair e não conseguir levantar. Para conseguir, basta apoiar no ombro da pessoa que esta ao nosso lado. Assim, iremos caminhar juntos e avançar como corpo de Cristo.

Eclesiastes 4: 9-10, Isaías 41.6

3 MOTIVOS PELOS QUAIS AS PESSOAS ACHAM DIFÍCIL A VIDA CRISTÃ

Introdução:

As pessoas têm habilidades específicas em áreas diferentes, alguns têm habilidade para esportes, outros para a música, outros para negócios, isso é o que chamamos de talento. O fato das pessoas possuírem talento para determinada área não quer dizer que elas terão sucesso naquela área. A história prova que muitas pessoas inteligentes e de talento não se deram bem na vida, enquanto outras que eram limitadas, mas esforçadas e dedicadas se deram muito melhor.  A verdade é que perseverança, dedicação e esforço contribuem mais para o sucesso de alguém do que o talento natural. A Bíblia diz que Jacó serviu a seu sogro sete anos para poder casar com Raquel, a mulher que ele amava, mas que esses anos pareceram poucos dias pelo muito que a amava. O cristão, aquele que já entregou sua vida a Jesus Cristo, tem uma vantagem inicial sobre os demais, tem tudo para ter uma vida de paz, alegria, gozo e tranquilidade, uma vida abundante; não estamos falando de riquezas, nem da ausência de problemas ou lutas, estamos falando de ter a certeza que em meio a tudo que tivermos que enfrentar podemos contar com a proteção e direção de um Deus Todo Poderoso, que nos ama e dirige nossa vida com segurança. Por que então muitos cristãos têm uma vida mal sucedida e infeliz? Por que com essa tremenda vantagem que possuem não conseguem ser bem sucedidos? Por que acham tão difícil a vida cristã?

 

 

Vamos estudar abaixo 3 MOTIVOS PELOS QUAIS AS PESSOAS ACHAM DIFÍCIL A VIDA CRISTÃ.

 

 

1º MOTIVO – Acham que Deus exige demais. –  I João 5:3

Muitos acham que o que a Bíblia apresenta como pedidos de Deus, são exigências demais, muita pressão. Gênesis 29:20 diz que para Jacó os sete anos pareceram poucos dias pelo muito que amava a Raquel. Na verdade, achamos penosos os mandamentos de Deus porque ainda o amamos pouco (João 14:21 ) PERGUNTA:  Em sua opinião, o que leva as pessoas achar que os mandamento de Deus são difíceis? Resposta sugerida: A falta de conhecimento, a falta de amor, a falta de intimidade com Ele.

 

 

2º MOTIVO – Perdem de vista o objetivo, a recompensa. 1Pe 1:8/9

O objetivo de Jacó era casar com Raquel, e durante os sete anos ele não perdeu isso de vista. Seu propósito não era trabalhar para o tio. O nosso objetivo não é cumprir mandamentos, é conhecer e se aproximar de Deus, em João 15:14 Jesus disse que seremos amigos D’Ele se fizermos o que Ele manda. PERGUNTA: Em sua opinião, além da salvação, qual outro objetivo da vida cristã? Resposta sugerida: Ganhar almas, ajudar as pessoas, ajudar na Obra de Deus, buscar intimidade com Deus.

 

 

3º MOTIVO – Esquecem daquilo que Deus já fez.

Não somos dignos e nunca seremos do presente da salvação que Deus nos deu, e do Seu amor. Ao invés de sermos gratos e nos alegrarmos pelo que já recebemos nos entristecemos e amarguramos pelo que não temos. Precisamos aprender a cultivar um coração grato trazendo a memória o que Deus já fez por nós. PERGUNTA: Você já recebeu uma benção muito grande de Deus, que te motiva a servir a Ele com alegria, e ser grato a Ele todos os dias? Compartilhe com o grupo.

 

 

Conclusão:

Deus não achou que era demais enviar Jesus para morrer, pois amava muito ao ser humano. Jesus não achou pesado demais vir para morrer pelo muito que amava a o ser humano. E você, acha difícil demais, exigência demais o que Deus te pede? Nós precisamos aprender a amar mais a Deus, pois a pior parte Ele já fez, o que Ele nos pede não é difícil, nem penoso, pelo contrário é gratificante.

FILHOS DE DEUS – Segunda semana de março

FILHOS DE DEUS
Texto base: João 1.11,12

Introdução: O testamento serve para que o patrimônio de uma pessoa, após sua morte, possa ser disposto conforme sua vontade manifestada em vida, respeitadas as restrições legais para aquele que tiver herdeiros necessários (filhos/pais/cônjuges). Jesus morreu para validar um Novo Testamento para você! Mas para isso precisamos saber que:

1 – NEM TODO MUNDO É FILHO DE DEUS

Existem muitos ditados ou provérbios populares que estão na Bíblia:

a) Quem dá aos pobres empresta a Deus (Pv 19.17);

b) Quem com ferro fere, com ferro será ferido – olho por olho, dente por dente (Lv 24.20);

c) Os últimos serão os primeiros (Mt 19.20);

d) Quem planta, colhe (Gl 6.7);

e) Quem semeia vento, colhe tempestade (Os 8.7);

f) A boca fala do que está cheio o coração (Mt 12.34);

g) Dai a César o que é de César (Mt 22.20,21).

Porém: “Todo mundo é filho de Deus” não é bíblico!!!
– Só é filho de Deus quem crê e recebe Jesus! (Jo 1.12). E precisamos estar convictos disso!

2 – NÃO BASTA SER FILHO, TEMOS DE PENSAR  E PORTAR-SE COMO FILHOS

a)      Nova mente – nós temos a mente de Cristo (1Co 2.16); renovar a mente para experimentar a boa, perfeita e agradável vontade de Deus (Rm 12.2).

b)      Novo estilo de vida – deve andar como Jesus andou (1Jo 2.6); em teus passos o que faria Jesus? Jesus vai aonde você vai? Faria o que você faz?

c)      Portar-se como um cidadão dos céus – embaixador de Cristo (2Co 5.20).

d)     Confessar vitória – Jamais dizer, eu não tenho dinheiro. Você pode até estar sem o dinheiro, mas você deve dizer: eu não estou com dinheiro no momento, mas meu Pai é dono do ouro e da prata (Ag 2.8). “O Senhor vai prover”. – Amado(a), as tuas palavras expressarão a tua fé. “Tome cuidado para que as tuas palavras não anularem a tua fé.”

·         Para gozar dos direitos e deveres de Filho de Deus é preciso pensar e agir como filho: Conta-se que um rapaz estava sendo liberado do hospício porque sabia que não era mais um rato. “Parabéns! Muito bem! Você está livre! Pode ir …” diziam todos. Ele pegou suas coisas, despediu-se e saiu. Logo voltou correndo, apavorado! Perguntaram o que foi? Disse ele: Lá fora tem um gato! – Sim, mas, você não sabe que não é mais um rato? Respondeu ele: eu sei, mas o gato não! Kkk – Muitos são filhos de Deus mas correm do diabo!

Conclusão: Você já é filho de Deus? Já recebeu Jesus como seu único Senhor e Salvador? “Pois com o coração se crê para justiça, e com a boca se confessa para salvação” (Rm 10.10-NVI). Receba agora mesmo e sejas salvo (Rm 10.9). Semana que vem continuaremos com os BENEFÍCIOS DOS FILHOS DE DEUS.

 

QUEBRA GELO:

 

Sou filho de Deus
Objetivo:

Refletir sobre a forma de se tornar filho de Deus.

Material:

01 giz

Procedimento:

– Desenhem com giz 02 círculos separados, com uma comunicação entre eles como se fosse uma ponte.

Cada círculo deve caber todos os participantes.

– Coloquem dentro de um dos círculos todos os alunos. No outro círculo, escrevam a palavra “DEUS”.

– Falem, apontado para os participantes: O pecado separa a humanidade de Deus. Vejam que vocês estão separados de Deus.

– Depois, apresentem o que Deus fez para restabelecer o relacionamento com a humanidade, após o pecado.

 

– Leiam: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”(João 3:16).

– Lemos que Deus com seu grande amor providenciou uma solução para que não houvesse mais esta separação.

Em seguida, escrevam na ligação entre os dois círculos a palavra “JESUS”.

– Falem: E agora, vocês continuam separados de Deus! Mas, comecem a citar os nomes dos alunos, falando: Deus amou tanto “Fulano de tal” que…(citando o versículo de João 3. 16)

Nesse momento, os participantes devem passar pela “ponte” que é Jesus e entrar no outro círculo, à medida que o nome dele for citado dentro do versículo.

– Quando todos os participantes estiverem dentro do círculo “Deus”, falem que esta é uma demonstração do grande amor de Deus para com eles e a humanidade.

– Leiam: “Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores”(Romanos 5:8).

– Para concluir, falem que quando aceitamos Jesus como Salvador, tornamo-nos filhos de Deus, conforme lemos em Jo 1.12: “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que creem no seu nome”

Razões por que Deus diz “não” para nós. Primeira semana de Março

Tema: Razões por que Deus diz “não” para nós. Texto: Gênesis 2:17

Texto: “Mas da árvore da ciência do bem e do mal, dela não comerás…” (Gênesis 2:17)

Introdução:

Muitos cristãos que têm como característica de vida ser fiel a Deus, vez por outra, se encontram em meio a um amontoado de questionamentos. Muitos vivem se perguntando: Por que Deus disse “não” como resposta ao pedido que lhe fiz?

Pode ser que você que esta lendo esta mensagem, esteja nesta situação, e se de fato, esta fora realidade que você esta vivendo, continue lendo com atenção redobrada, pois, você descobrirá, que em certas ocasiões, Deus nos diz não, pelo fato d’Ele nos amar de forma inexplicável.

Objetivo da mensagem:

Mostrar que Deus disse “não” a Adão e Eva – simplesmente porque queria protegê-los, e juntamente com eles, toda a humanidade da natureza pecaminosa que foi herdada de Adão e Eva, pelo fato de ambos terem desrespeitando o “não” de Deus, comendo do fruto da arvore do bem e do mal.

Dito isto a nível introdutório, imagine você chegando ao zoológico, e logo após arrumar todos os seus pertences, em um lugar apropriado, você inicia uma jornada com o objetivo de visitar cada espécie de animal, em seu devido lugar de habitação, de acordo com sua natureza.

De repente, você vai de encontro a uma imensa jaula repleta de leões, e, ao aproximar-se da mesma, percebe-se que tem um aviso colocado pela direção do zoológico com o seguinte teor… “Não toque na jaula”.

Pergunto…“Por que a direção do zoológico preocupou-se em deixar um aviso que dizia para os visitantes, não tocarem na jaula dos leões?” “Será que é porque eles queriam simplesmente ditar regras para a vida dos visitantes?” “Será que era para transmitir uma imagem de que quem dava as ordens no zoológico eram eles?”

Bom, na verdade, nenhum destes questionamentos está correto. Por quê? É simples! O aviso só foi colocado na jaula, objetivando lembrar que ninguém deveria tocá-la, pois, a direção do zoológico tinha ciência que se algum desavisado encostasse na jaula repleta de leões, certamente iria se machucar, ou, até mesmo perder a vida, pois os leões, certamente atacariam qualquer um que tocasse em sua jaula.

Quando Deus disse “não” para Adão e Eva, era porque Ele sabia que se eles alimentassem do fruto da árvore do bem e do mal, eles iriam ser penalizados com a sentença de morte. “porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás” (Gn 2.17).

Com muita frequência Deus diz “não” para nós, em relação a uma casa que está nos nossos planos para comprá-la, ou um carro, uma viagem, uma profissão, um casamento e etc.

Entretanto, a pergunta que não quer calar é, “por que Deus diz não para muitas coisas que aos nossos olhos julgamos ser boas?”

“Será que é pelo fato de Deus ser arbitrário?”

“Será que é autoritarismo em determinar regras apenas para ter o prazer de ver o ser humano cumpri-las?”

Ou quando Deus diz “não” para nós, é um “não”, a semelhança do “não” da direção do zoológico, que tinha como objetivo proteger os visitantes dos ferozes leões.

E quanto a você?Esta chateado (a) por que Deus disse um “não” em relação a sua oração? Cada pessoa precisa estar atenta para esta verdade: Adão e Eva não respeitaram o “não” de Deus, e como consequência, veio sobre a vida de ambos e de toda humanidade, o carrasco chamado pecado. Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram. (Romanos 3:9).

E como se não fosse suficiente, também o homem virou servo do pecado. Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é servo do pecado. (João 8:34).

E sujeito à morte. Eis que todas as almas são minhas; como o é a alma do Pai, assim também a alma do Filho é minha: a alma que pecar, essa morrerá (Ezequiel 18.4).

Foi para evitar a morte espiritual, física e eterna que Deus disse “não” para nossos primeiros pais que residia no jardim do Éden, foi para protegê-los, e proteger,não somente eles, mas também toda a humanidade que teve origem neles.

Por estas, e muitas outras razões, Deus muitas vezes diz “não” para nós. Pois na verdade, Ele quer nos proteger, porque Ele que conhece o fim desde o principio, sabe que no futuro, muitas de nossas decisões trarão consequências que vão nos machucar muito, ou até nos levar perder a salvação.

Quanto ao “não” que Deus nos fala, talvez no momento tenhamos dificuldade de compreender o porquê de sua recusa em nos atender. Se Deus disse “não” para você em relação ao desejo de seu coração, é porque Ele está te livrando de complicações em sua vida no futuro.

Em relação a Deus, temos que entender uma lição que se resume assim: Melhor do que compreendê-Lo, é simplesmente obedecê-Lo, pois sempre que Ele falar “não” para nós é, porque Ele quer nos proteger.

E a razão desta proteção, não é outra, senão, o grande amor inexplicável que Deus tem para com cada um de nós. Portanto, descansa no Senhor, pois o melhor da parte de Deus lhe será concedido, na hora já designada por Ele, para abençoar sua vida.

Conclusão:

A atitude mais sábia de nossa parte no relacionamento com Deus, deve ser de glorificá-Lo, quando ele bondosamente falar “sim” em relação aos nossos projetos de vida. Da mesma forma, quando Deus bondosamente falar “não”, devemos de coração grato a Ele, glorificá-Lo, e nunca desobedecê-lo como Adão e Eva, pois,geralmente quando Deus diz não, certamente e para nos proteger de consequências que iriam nos fazer sofrer, tanto no presente como no futuro.

 

 

Conferência de Avivamento Paixão – Pr Gustavo – Terça manhã

Here is the Music Player. You need to installl flash player to show this cool thing!

Conferência de Avivamento Paixão – Pr. Gustavo – Segunda noite

Here is the Music Player. You need to installl flash player to show this cool thing!

Download “conf Pr Gustavo” Pr-Gustavo-Seg-12-02-18.mp3 – Baixado 18 vezes – 61 MB

Conferência de Avivamento Paixão – Pra. Iria

Here is the Music Player. You need to installl flash player to show this cool thing!

Download “Conferencia -Pra. Iira” Pra-Iria-11-02-18-Dom.mp3 – Baixado 18 vezes – 63 MB

Conferência de Avivamento Paixão – Pr. Gean

Here is the Music Player. You need to installl flash player to show this cool thing!

Download “Conferência de Avivamento Paixão - Paixão” Pr-Gean-10-02-18-sabado-noite.mp3 – Baixado 18 vezes – 48 MB

Regeneração vs Recuperação – Pr. Iria

Here is the Music Player. You need to installl flash player to show this cool thing!

O Espírito Santo cura e purifica – Estudo da quarta semana de fevereiro

BASE: Ezequiel 36:23-30

INTRODUÇÃO:

Deus está levantando o Seu povo e a Sua Igreja para viver uma vida de pureza e santidade, a fim de que todas as nações testemunhem a Sua glória. Para isso, Ele tem derramado do Seu Espírito Santo sobre nossas vidas, para nos limpar de todo o pecado e fazer com que experimentemos um verdadeiro avivamento e o melhor desta terra.

DISCUSSÃO:

Deus tem muitos planos para nossas vidas e faz grandes promessas através do profeta Ezequiel. Vejamos:

 

1) Deus quer que a Sua santidade volte a habitar no meio do seu povo

Nós fazemos parte do plano de restauração de Deus, neste tempo (versículo 23). Para isso, Ele deseja que sejamos purificados (1 Pedro 1:14-16).

 

2) Deus está nos separando de um mundo cheio de pecados e perdição para nos levar ao Seu Reino

Do mesmo modo que Deus desejava que Israel ficasse longe das contaminações e dos pecados dos outros povos, Ele também espera que a Igreja de Cristo seja separada do mundo e de suas impurezas (versículo 24; 2 Coríntios 6:17-18).

 

3) Deus está nos purificando com as águas do Espírito Santo

Deus está curando todas as feridas, mágoas e enfermidades existem em nosso coração. Ele também nos convence a respeito do pecado, da Sua justiça e do juízo (João 16:8), através do Seu Espírito Santo (versículos 25-27).

 

4) Deus está preparando o melhor desta terra para os seus filhos amados (versículos 28-30)

Os planos do Senhor para nossas vidas de forma alguma serão frustrados! Ele guiará todo o nosso ser e transformará o Vale de Sitim dos nossos corações em um vale de bênçãos e prosperidade (Joel 3:18).

 

CONCLUSÃO:

Estamos vivendo o tempo em que Deus derrama sobre o seu povo uma nova unção, um tempo que precede um grande avivamento nesta nação. Assim, chegou a hora de cada um de nós, enquanto corpo de Cristo, nos reposicionar, buscando a cura e a santidade que só o Espírito Santo pode nos dar.

PARA REFLETIR:

. Você acredita que está vivendo plenamente em santidade? Por quê?

. Em sua opinião, o que significa ser separado do mundo?

. Você acha que seu coração está aberto para receber a cura, a purificação e a restauração que Deus te oferece por meio de Seu Santo Espírito?

. Você acredita que vale a pena continuar passando por esse processo de cura e santificação que Deus tem empreendido em cada um de nós, mesmo diante das lutas e dificuldades que costumam aparecer?

Lei da semeadura – Estudo da terceira semana de fevereiro

BASE: Gálatas 6:6-10

INTRODUÇÃO:

Reino de Deus é um Reino baseado em leis, princípios e limites. Todos nós sabemos que existe uma série de leis que conduzem o universo físico (leis físicas, biológicas, químicas, etc.), entretanto, há também o que podemos definir como leis espirituais.

DISCUSSÃO:

Ter conhecimento sobre a lei da semeadura é fundamental para aqueles que têm o desejo de plantar e colher bem. Deus, o Grande Agricultor, estabeleceu uma série de princípios para que sejamos prósperos em todas as nossas “lavouras” (vida espiritual, emocional, familiar e pessoal). Vamos a elas:

 

1) Para a lei da semeadura é necessário plantar a semente

a) É preciso que haja o desejo de semear (2 Coríntios 9:6, Mateus 13:13)

b) É preciso perder a semente para recebê-la de volta muitas vezes

c) A semente que não foi plantada é perdida (João 12:24)

d) O plantio da semente deve ser feita de forma sistemática (Eclesiastes 11:6)

e) Cuidado: mesmo quando se planta um boa semente, muitas vezes, a semente ruim plantada por outras pessoas terá a mesma aparência da boa. Porém, a colheita revelará o que é “trigo” e o que é “joio” (Mateus 13:24-30, 36-43).

 

2) Para a lei da semeadura é necessário plantar a boa semente

a) Deus nos deu o livre arbítrio para plantarmos aquilo que desejamos (Josué 24:15)

b) Podemos escolher dois tipos de sementes para plantar: as boas e as más (e seus frutos serão as consequências dessa escolha):

As boas são: mansidão, misericórdia, amor ao próximo, obediência, compaixão… Quem escolhe essas sementes, escolhe semear no espírito. Este terá a garantia de colher bons frutos (Salmos 92:14, 126:6)

As ruins são: a inveja, intrigas, ciúmes, ódio, fofocas, contendas, raiva… Quem escolhe essas sementes, escolhe semear na carne. Este, infelizmente, colherá frutos maus (Jó 4:8, Provérbios 22:8, Oséias 8:7).

 

3) A lei da semeadura é óbvia

a) Quem pouco planta, pouco colhe

b) Quem muito planta, muito colhe

c) Tudo o que fazemos durante a nossa vida é considerado por Deus como um plantio. Seja para o bem, ou seja para o mal, um dia vamos colher tudo aquilo que semeamos em nossa “plantação”

d) Por causa desta lei, sempre vamos colher muito mais do que plantamos. Se plantamos um grão de feijão, colheremos centenas e centenas de novos grãos; se plantamos uma sementinha de maçã, vamos colher diversas maças durante muito anos. Existe um adágio popular que diz que “quem planta vento, colhe tempestade”, então, ninguém colhe apenas o que semeou, e sim muitas vezes mais.

CONCLUSÃO:

Você e eu fomos criados por Deus para dar bons frutos para Ele. Se dedicarmos um momento que seja fazendo o bem a alguém, o resultado dessa semeadura pode durar para sempre. Porém, se optarmos por fazer algum mal a qualquer pessoa que seja, colheremos algo que poderá nos fazer sofrer por muitos anos.

PARA REFLETIR:

. Que tipo de sementes você tem plantado durante a sua vida?

. Você se preocupa com os frutos que vai colher no futuro?

Amizade verdadeira – Estudo da Segunda semana de fevereiro

BASE: Provérbios 17:17

INTRODUÇÃO:

Uma das maiores dádivas na vida de uma pessoa é uma amizade verdadeira. Os amigos são entes muito queridos que, muitas vezes, são tão importantes quanto os nossos familiares. No entanto, nem toda a amizade é sadia e, por isso, agradável a Deus. Muitas amizades podem nos conduzir ao pecado, às coisas do mal e não ao bem. São amizades perniciosas, que insistem em levar o outro ao erro por meio de palavras, gestos, planos, etc. Esse é o tipo de amizade plantada por Satanás e que só prejudica as pessoas.

DISCUSSÃO:

Diante dessas afirmações, vamos analisar o que a Palavra de Deus nos fala a respeito da amizade:

Provérbios 18:24 nos mostra que existe um tipo de amigo que é aproveitador, interesseiro. Quem tem um amigo assim vai, mais cedo ou mais tarde, ter sérios problemas. No entanto, existem amigos que são mais íntimos que um irmão, ou seja, que está sempre disposto em oferecer e não receber;

Mateus 11:19 aponta que Jesus é visto como amigo dos pecadores, era o amigo certo em todas as horas. Ele é o amigo que ama os perdidos, os caídos, e que os ajuda a se erguerem para Deus;

Provérbios 13:20 deixa bem claro a diferença entre o amigo e o companheiro;

Provérbios 28:7 afirma que o amigo não nos acompanha no pecado, já o companheiro que acompanha no mal se torna cúmplice do pecado;

Habacuque 2:15 mostra que o companheiro da mentira tem objetivos malignos, enquanto Provérbios 10:12 diz que o amor cobre todas as transgressões;

Gênesis 9:20-25 compara a atitude de Cam com a de seus outros irmãos perante o pai embriagado, mostrando que o amigo verdadeiro não zomba, não coloca o outro em situações humilhantes e não fala mal.

Como podemos identificar uma amizade firmada em coisas más:

. O falso amigo fala mal dos irmãos;

. Fala mal da liderança da igreja;

. Cria e espalha fofocas;

. Semeia a discórdia entre irmãos (Provérbios 6:16-19).

E como são as amizades firmadas na fé em Cristo e aprovadas por Deus:

. Eles são amigos para orarem por si mesmos;

. Oram pelos outros;

. Ajudam o próximo;

. Aconselham e buscam conselhos segundo a Palavra de Deus;

. Amam a Cristo mais do que a si mesmos.

Vejamos o exemplo de uma amizade verdadeira:

. 1 Samuel 18:1-4 fala sobre a característica dessa amizade;

. Salmos 133: 1-3 aponta a amizade como uma união espiritual.

CONCLUSÃO:

Os amigos de verdade se amam, se identificam. Eles compartilham seus problemas, seus medos, suas angústias e tristezas. E, juntos, buscam soluções. Entre eles há um propósito muito sério. A amizade verdadeira leva o outro a ser bem sucedido, a se portar com prudência, a ser vitorioso e a conquistar o respeito dos outros. Já a amizade que causa ódio, brigas, intrigas e maledicência entre os irmãos não é sadia e deve ser evitada, pois Deus não está naquele meio.

1 Tessalonicenses 4:9 e 1 Pedro 1:22-23 mostram que a amizade verdadeira deve ser pura e santa.

PARA REFLETIR:

. Como Deus vê a amizade?

. Como costuma ser a amizade do mundo?

. Temos mais amigos ou companheiros (Provérbios 13:20)? Qual é a diferença entre eles?

. Como deve ser o amigo (Provérbios 28:7; Rute 1:16-17)?

. Você acredita que Deus aprova as suas amizades?

Essa é a mesa que Deus nos preparou. Pr Paulo Borges JR.

Here is the Music Player. You need to installl flash player to show this cool thing!

Download “Essa é a nossa mesa” ESSA-É-A-MESA-QUE-DEUS-NOS-PREPAROU-.mp3 – Baixado 26 vezes – 44 MB

Milhões se convertem no Irã após assistir programas de TV via satélite

Quem viu pela televisão as imagens dos protestos no Irã nas últimas semanas talvez não entendeu tudo o que está acontecendo. Pelo menos 21 pessoas morreram em confrontos com a polícia e mais de 1000 foram presos. As agências de notícias falaram muito sobre as manifestações serem por questões econômicas e contra decisões do governo.
Contudo, em grande parte a questão religiosa foi ignorada. Vídeos compartilhados nas redes sociais mostravam que as pessoas estão fartas da teocracia islâmica.
O missionário Mike Ansari diz que a turbulência política está criando oportunidades únicas para compartilhar o amor de Cristo. Ele é presidente dos Ministérios Heart4Iran [Coração pelo Irã], que trabalha junto a 86 ministérios diferentes, com o objetivo de servir e abençoar o povo do Irã.

Ele diz que grande parte do que está realmente acontecendo dentro da nação islâmica não é vista pelo mundo por causa da censura à internet. “Deus está trabalhando no Irã”, declarou Ansari. “Jesus está edificando sua igreja, o Espírito Santo está transformando vidas e o evangelho se espalhando”, explica.
O Heart4Iran é responsável pelo canal Mohabat, que em 2006 tornou-se o primeiro a transmitir 24 horas de programação evangelística em farsi, língua falada no Irã. Hoje, existem outros três canais de televisão por satélite que transmitem programação cristã para o Irã.

“Essas transmissões de TV desempenharam um papel vital no sucesso do movimento subterrâneo da igreja doméstica”, explica Ansari.
Recentemente, 20 iranianos, muitos dos quais aceitaram Cristo após assistirem programas da Mohabat, viajaram para um local não revelado para serem batizados.
Para o experiente missionário, as igrejas domésticas do Irã estão vivendo um crescimento explosivo, assim como milhares de habitantes do Oriente Médio que estão abandonando o Islã para seguir a Jesus.
“De acordo com a Missão Mundial, a igreja subterrânea do Irã é uma das igrejas de crescimento mais rápido do mundo”, aponta Ansari, que completa: “A maioria dos líderes cristãos iranianos acreditam que o movimento das igrejas em casa é que sustenta o cristianismo dentro deste país”.

O repórter George Thomas, da CBN, entrevistou Mike Ansari recentemente, o missionário disse que um dos motivos para o crescimento do cristianismo no Irã é por que o povo está desiludido com o islamismo e eles estão procurando respostas para o sentido da vida. “Eles estão procurando por novas respostas, não estão satisfeitos com sua condição espiritual. Além disso, parece que um grande número deles está realmente tendo sonhos e visões sobre um homem brilhante, vestido de branco, muito antes de nós começarmos a lhes falar sobre Jesus”.
Ansari diz que após quase 40 anos do regime islâmico, “o iraniano médio está percebendo que o islamismo está falido e o Islã não consegue dar as respostas para os dilemas com os quais eles estão lidando, em especial os mais jovens”.
Enfatizou também que “cerca de 16 milhões de iranianos nos últimos 12 meses viram um ou mais dos nossos programas na televisão por satélite e também em seus dispositivos móveis (celulares e tablets). Isso significa aproximadamente 20% da população do Irã e esse é um número irresistível. Nos últimos 11 anos, desde que lançamos nosso canal para o Irã, tivemos um aumento de mais de 400% na audiência o que, para nós, foi absolutamente fenomenal”.
Encerrou dizendo que o canal de TV tem um call center, para onde as pessoas podem ligar gratuitamente para saber mais sobre Jesus. Segundo os registros, são em média 700 contatos por dia. Todos recebem uma oportunidade de aceitar a Jesus, o que lhes permitiu computar 3 decisões a cada hora de agora ex-muçulmanos.

Quase não há crianças cristãs na nação mais opressora do mundo

Um pastor norte-coreano, que atualmente mora na China, revelou que os cristãos da Coreia do Norte são forçados a esconder sua fé de seus próprios filhos, temendo o que as autoridades farão com a família se forem descobertas.
Lee Joo-Chan explicou à Missão Portas Abertas, que monitora a perseguição no mundo todo, que ele próprio cresceu sem saber que seus pais seguiam a Jesus. “Eu sabia que meus pais eram diferentes porque cuidavam dos doentes, dos pobres e dos necessitados. À noite, eles liam um livro secreto, o qual eu não tinha permissão para ler”, relata o pastor.
“Eu os escutava sussurrar as palavras e sabia que aquela era sua fonte de sabedoria. Também sabia que se alguma vez contasse sobre isso a outra pessoa, nossa família seria levada pelas autoridades”, testemunha.

Segundo Lee, somente quanto sua família fugiu para a China, no final dos anos 1990, sua mãe lhe contou a história da família e como eles tentaram praticar sua fé por décadas.
Algum tempo depois, a mãe e o irmão de Lee tentaram voltar para a Coréia do Norte, e foram emboscados por soldado que os mataram diante de seus olhos. Ele soube que seu pai e outros irmãos também foram mortos tentando atravessar a fronteira.

Essa experiência angustiante inspirou Lee a ira para a Coréia do Sul, onde seguiu o desejo de sua mãe e foi estudar teologia, tornando-se um pastor.
A Portas Abertas lembra que há uma série de razões pelas quais os pais não compartilham sua fé com seus filhos na Coréia do Norte, começando pelo “doutrinamento estatal” severo a que os cidadãos são submetidos desde o nascimento até a morte.
Sabidamente, é muito arriscado compartilhar o Evangelho com crianças, pois elas podem cantar um hino ou citar a Bíblia em público, o que é um crime para o regime comunista da Coreia do Norte.
“Infelizmente, na Coréia do Norte, dezenas de milhares de crianças viram suas famílias cristãs serem destruídas pela morte, prisões ou outras tragédias. A dificuldade da vida coreana dividiu inúmeras famílias, deixando marcas profundas nas crianças”, afirma a missão.

Kim Sang-Hwa, que cresceu na Coréia do Norte, compartilhou com os missionários que, quando ela tinha 12 anos, encontrou uma Bíblia dentro de um armário secreto em sua casa. Logo percebeu que era um livro ilegal. Quando ela perguntou aos pais do que se tratava, seu pai lhe explicou algumas das principais crenças do cristianismo. Foi quando ela percebeu que também precisava manter seu segredo.
“Foi a primeira das muitas conversas que tivemos sobre a Bíblia, sobre Deus, Jesus e o evangelho. Ele me contou muitas histórias bíblicas. Mas os meus irmãos mais velhos não tinham o mesmo conhecimento”, lembra Kim.
Ativistas de direitos humanos da Coalizão pela Liberdade da Coreia do Norte compartilharam a dura realidade que as crianças enfrentam no regime ateísta de Kim Jong-un. Em abril de 2017 um grupo de 17 órfãos que tentavam fugir do país foram detidos na China e enviados de volta. Quando descobriram que três deles eram cristãos, foram enviados imediatamente para o local de detenção dos prisioneiros políticos.
Segundo um dos ativistas: “De acordo com a lei norte-coreana, as crianças menores de 18 anos não devem ser tratdos como prisioneiros políticos. Mas, neste caso, eram cristãos ligados a uma igreja ilegal, por isso foram separados do grupo e torturados severamente, enquanto os demais órfãos foram enviados para um campo de reeducação com outras crianças”. Com informações de The Christian Post

Família que pedia orações pela filha no Facebook comemora milagre

Campanha de oração nas redes sociais são relativamente comuns. Mas os pais de Chloe Clark testemunham que Deus usou as redes sociais para levantar um exército de intercessores pela sua fila, que se recuperou milagrosamente de uma grave lesão na cabeça.
“Estamos muito felizes, a cada dia está ficando melhor”, disse Jared, o pai de Chloe. A menina estava brincando, no início do mês, em frente à casa que ele está construindo, no Alabama, quando foi atingida por uma viga de madeira. Ela sofreu uma grave concussão e entrou em coma. Nas últimos semanas, só ficou viva por que foi ligada a aparelhos.
A família de evangélicos começou uma campanha de oração em sua igreja. Depois, criaram a página Pray for Chloe [Ore pela Chloe], onde postaram um pedido de intercessão pela menina que viralizou. Em duas semanas, mais de 1.300.000 pessoas assistiram e a maioria se comprometeu a orar por ela. Os pais dizem que eram milhares de pessoa de todo o mundo, orando e enviando palavras de encorajamento.

Dez dias após o acidente, Chloe acordou do coma, o que os familiares acreditam ser uma resposta a tantas orações. “São tantas pessoas orando e pedindo a Deus pela Chloe. Nós sabemos que isso aconteceu pelo Seu poder e estamos dando a ela toda a glória e honra. Também queremos agradecer a todos que nos apoiaram, afirmou Jared à CBN.
Mesmo com o rosto ainda inchado, ela voltou a sorrir e esta pronta pra ir para casa. Os médicos disseram que a recuperação total deve levar até três meses. Ela fará fisioterapia, mas os pais estão confiantes que não ficarão sequelas.

“Isso mostra o que acontece quando Deus entra na história”, disse Jared. “Quando Deus entra no meio, tudo é possível. Esse é apenas mais um milagre de Deus”.

A família conta que, em determinado momento, os médicos estavam pessimistas.
“Temos um enorme encargo financeiro à nossa frente”, disse Jared. “Mas não estou preocupado com isso. Eu tenho minha filha e isso é tudo o que importa”.
Jared revela ainda que toda essa situação os motivos ainda mais para uma vida de oração. “Minha esposa e eu continuamos dizendo que tudo isso restaurou nossa fé… a história da Chloe apenas prova que a família de Deus ainda é grande e poderosa”.

Eles pretendem transformar a página do Facebook “Pray for Chloe“, que agora tem milhares de seguidores, como um “grupo de guerreiro de oração” para compartilhar as necessidades de outras famílias que passam por emergências e problemas médicos.
“Eu adoraria ver isso crescer e se transformar em um ministério”, disse ele. “Termos a oportunidade de fazer com que milhares de pessoas orem instantaneamente, é algo tão bom. Queremos dividir essa bênção e devolver um pouco, porque recebemos muitas bênçãos”.

 

Alunos cristãos são atacados com facões por recusarem conversão ao islamismo

Vários estudantes cristãos foram espancados e atacados por colega islâmicos portando facões em uma escola de ensino médio em Nairobi, no Quênia, depois de se recusaram a se converter ao Islamismo.
Segundo o site de notícias Morning Star, na escola de Jamhuri alguns alunos muçulmanos se queixaram de discriminação, pois havia espaços na instituição separados para uso de cristãos e muçulmanos.
Uma testemunha explicou que vários desses estudantes muçulmanos vinham tentando forçar os colegas cristãos a recitar o credo islâmico para conversão e passar por rituais de ‘purificação muçulmana’ dia 23 de janeiro, o que gerou um conflito.

“Os que recusaram foram espancados, enquanto outros foram atingidos por golpes de facão”, afirmou. Ele disse ainda que as armas​​ vieram de fora da escola. No final do conflito, 35 alunos ficaram gravemente feridos e tiveram de ser levados ao hospital para tratar cortes e ossos quebrados.
O diretor da Escola de Jamhuri, Fred Awuor, também precisou atendimento médico depois de ser ferido enquanto tentava acabar com a violência.

A escola foi fechada e a polícia investiga quem forneceu armas aos estudantes. O principal suspeito é o grupo terrorista al-Shabaab, que vem estimulando que os jovens quenianos se unam à jihad. No ano passado ocorreu uma série de incidentes violentos em escolas do Quênia, onde cristãos foram mortos.
O maior ataque contra estudantes quenianos ocorreu em abril de 2015, quando 148 alunos foram mortos na Universidade de Garissa.
O al-Shabaab, originário da Somália, é o grupo extremista considerado o mais mortal do continente pelo Centro Africano de Estudos Estratégicos, tendo matado 4.000 pessoas em 2016. Com informações de The Christian Post